Coimbra  13 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC: Vereador pede esclarecimento, mas fica sem resposta

6 de Março 2017

O vereador independente Pedro Bingre questionou, hoje, a Câmara de Coimbra sobre o modo como ela vai lidar com milhares de processos de contra-ordenação em atraso, mas ficou sem resposta.

Com o presidente da autarquia, Manuel Machado, ausente da reunião camarária de hoje na fase em que era expectável dar resposta, a vereadora Rosa Reis Marques e a directora de departamento Rosa Batanete enveredaram pelo silêncio.

Pedro Bingre, representante do movimento Cidadãos por Coimbra (CpC), aludiu a demora na tramitação de milhares de processos de contra-ordenação e questionou como tenciona a edilidade enfrentar o problema.

Fontes camarárias disseram ao “Campeão” que, aparentemente, à revelia de Rosa Reis Marques, Manuel Machado ordenou a mobilização de todo o pessoal da Divisão de Apoio Jurídico, chefiada por João Dias Pacheco, para atacar a demora.

A medida foi encarada com desagrado por juristas veteranos, porquanto, habitualmente, são os menos experientes que tratam dos processos de contra-ordenação.