Coimbra  22 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC: Praça do Comércio a concurso por cerca de 528 000 euros

8 de Julho 2019

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) aprovou, hoje, a abertura de concurso para a empreitada de valorização e revitalização da praça do Comércio, com o preço base de 528 365 euros (mais IVA).

O prazo de execução será de 180 dias e esta intervenção visa “reabilitar um espaço urbano de grande importância estratégica no enquadramento histórico e turístico da ‘Baixa’ da cidade, optimizando a sua funcionalidade, potenciando a sua utilização pedonal e melhorando o conforto e a segurança do espaço”.

De acordo com a CMC, “esta intervenção visa a reparação e correcção funcional do espaço central da praça do Comércio, tendo por base a manutenção dos elementos existentes”.

A aposta passa pela criação de zonas em lajeado em torno da igreja de S. Bartolomeu, que permitam a instalação de esplanadas e de outras actividades de cariz pedonal; pelo controlo do estacionamento automóvel através da introdução de pilaretes fixos e semiautomáticos, impedindo assim o acesso e estacionamento permanente no espaço central da praça; e pelo embelezamento do local, estando prevista a plantação de cinco árvores ornamentais de pequeno porte, mais especificamente magnólias, no tramo mais largo da praça.

A empreitada prevê, ainda, a substituição ou reaplicação das zonas de lajeado que se encontram danificadas; a reparação do dreno que contorna o perímetro da praça; a substituição do material actual, calcário cinza por lajetas de granito, e o alargamento dos corredores transversais ao atravessamento da praça; a revisão do sistema de recolha de lixos domésticos; a reparação das luminárias suspensas e a sua adaptação ao sistema de iluminação LED; e a modernização de alguns troços da rede de drenagem através da criação de um sistema de condutas separativas.

Está, ainda, prevista a montagem de um estrado amovível para a realização de eventos culturais e a criação da infraestrutura eléctrica de apoio ao seu funcionamento.

Recorde-se que o projecto de execução da revalorização da praça do Comércio tinha sido aprovado na reunião do executivo camarário de 10 de Dezembro 2018.

Na altura, o vereador independente José Manuel Silva (Somos Coimbra), preconizou a preservação do edifício do antigo Hospital Real (século XVI), situado entre duas lojas da empresa Jorge Mendes, Lda.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com