Coimbra  25 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC inconformada com “falta de financiamento” à Cultura

3 de Abril 2018

A Câmara de Coimbra, cujo presidente se reuniu, hoje, com agentes culturais, está inconformada com “falta de financiamento” a quatro organismos da cidade por parte da Direcção-Geral das Artes.

Trata-se das companhias de teatro Escola da Noite e O Teatrão, da Orquestra Clássica do Centro e do Centro de Artes Visuais (que tem produzido um importante evento, Encontros de Fotografia).

Manuel Machado fez-se acompanhar pela vereadora Carina Gomes para realização da reunião.

Segundo a Assessoria de Imprensa da Câmara conimbricense, o líder do Município disse aos seus interlocutores já ter apelado ao Governo no sentido de ser tomada “uma decisão sensata nesta matéria”.

“Não nos conformamos com os resultados” do Programa de Apoio Sustentado às Artes 2018 -2021, porquanto são “infundamentados, injustos e preconceituosos”, indicou o autarca, que destacou a importância do trabalho das quatro entidades na promoção da cultura e na valorização da cidade.

Na reunião, segundo a Assessoria de Imprensa da CMC, os agentes culturais “denunciaram erros processuais e de avaliação, garantiram que os recursos são insuficientes, que não está a ser valorizado o trabalho de gestão e programação de equipamentos culturais municipais e que os critérios de atribuição de apoios por regiões comprometem a coesão territorial do país”.

Na medida em que foi anunciado pela Direção-Geral das Artes um reforço de verbas para os concursos do sobredito programa, “aguarda-se, agora, a reversão da decisão provisória”, conclui a Câmara Municipal de Coimbra.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com