Coimbra  22 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC: Fino excesso de zelo põe funcionária contra vereador

15 de Novembro 2018 Jornal Campeão: CMC: Fino excesso de zelo põe funcionária contra vereador

Fino excesso de zelo de uma funcionária da Câmara Municipal de Coimbra pô-la, esta semana, a insurgir-se contra o vereador independente por ele ter questionado o tamanho da memória das pessoas.

José Manuel Silva questionou, através das redes sociais, se, “nas próximas eleições autárquicas, as pessoas de Coimbra vão continuar a ter a memória curta”, sendo que a pergunta acompanha a foto de uma poça de água nas imediações da estação ferroviária de Coimbra – B.

Para o vereador independente, anterior bastonário da Ordem dos Médicos, a ilustração “demonstra o desprezo a que Coimbra vem sendo votada por quem tinha a obrigação de dela cuidar”.

À revelia do presidente da CMC e do director do Departamento de Obras Municipais, uma funcionária da edilidade respondeu ao vereador independente, tendo justificado a iniciativa com a inexistência de “qualquer filtro” aplicável “a quem faz acusações” à autarquia.

“O Senhor [José Manuel Silva] deve saber tão bem quanto eu que a CMC não é o dr. Manuel Machado e não é o presidente que tem a responsabilidade de andar a ver onde estão buracos”, indicou a funcionária camarária, que, a avaliar pelo desabafo, desfruta de fácil acesso às chefias.

R.A.