Coimbra  20 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC apoia preparação de atletas olímpicos com 41 000 euros

24 de Junho 2019

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) aprovou, hoje, a atribuição de apoios financeiros, no valor global de 41 000 euros, à associação e ao clube que viram as suas candidaturas ao Regulamento Municipal Tóquio 2020 validadas.

Trata-se da Associação Académica de Coimbra e do Centro de Cultura e Desporto Judo Clube de Coimbra, com a CMC a pretender assegurar as melhores condições para que os atletas consigam obter os mínimos para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Tóquio 2020 e ajudar à sua melhor prestação nesse evento multidesportivo mundial.

Após a apreciação das candidaturas apresentadas ao Regulamento Municipal Tóquio 2020, os serviços municipais aprovaram as propostas da Associação Académica de Coimbra e do Centro de Cultura e Desporto Judo Clube de Coimbra, tendo excluído a candidatura do Clube Naútico Académico, por incumprimento dos requisitos previstos no regulamento.

A proposta passa, assim, pela atribuição de uma verba de 28 000 euros à Associação Académica de Coimbra, que candidatou, através da Secção de Ginástica, a atleta Joana Dinis Abrantes, e através da Secção de Judo, os atletas Catarina Martins de Mesquita Paiva Costa, Francisco Luís Simões Mendes e Francisco Martim Fernandes Duarte Cortez Rovira.

Será também atribuída uma verba de 13 000 euros ao Centro de Cultura e Desporto Judo Clube de Coimbra, que candidatou os atletas Jorge Alberto Ferreira Fernandes, Joana Maria Redondo Diogo e André João Redondo Diogo.

O Regulamento Municipal Tóquio 2020 define os requisitos e as condições dos apoios financeiros a atribuir pela CMC a associações e clubes desportivos do concelho que tenham atletas integrados nos programas de Alto Rendimento das Federações de Modalidades Olímpicas e Paraolímpicas e no Projecto Olímpico e Paraolímpico do Comité Olímpico e Paraolímpico de Portugal.

O objectivo da autarquia é assegurar as melhores condições a esses atletas, para que consigam obter os mínimos para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Tóquio 2020 e a sua melhor prestação nesse evento multidesportivo mundial.

A aprovada a proposta, será celebrado um contrato-programa de desenvolvimento desportivo entre a autarquia e os proponentes.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com