Coimbra  18 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC adjudica obras de requalificação das Piscinas Municipais Luís Lopes da Conceição

1 de Maio 2022 Jornal Campeão: CMC adjudica obras de requalificação das Piscinas Municipais Luís Lopes da Conceição

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) vai analisar, amanhã (2), uma proposta de adjudicação da empreitada de conservação e requalificação das Piscinas Municipais Luís Lopes da Conceição à empresa Veiga Lopes, S.A., que venceu o concurso público, pelo valor de 557.446, 44 euros (+ IVA à taxa legal em vigor, o que perfaz os 590.893,22 euros) e com um prazo de execução de 300 dias.

A requalificação das piscinas municipais Luís Lopes da Conceição, em São Martinho do Bispo, é uma obra de caracter urgente. A empreitada prevê a reparação de seis vigas estruturais em arcos triarticulados, através da aplicação de próteses metálicas, constituídas por chapas e ligadores, bem como a substituição dos troços danificados por novos elementos em madeira, de qualidade, secção e classe de resistência equivalentes às vigas existentes.

Nos pavimentos, estão previstos trabalhos de remoção e lavagem da gravilha para posterior aplicação, após limpeza de resíduos orgânicos aderentes e de vegetação no local da reposição. Incluem-se os trabalhos de espalhamento de gravilha lavada de origem calcária, com granulometria idêntica à existente, apenas para recarga do pavimento, bem como os que se referem ao levantamento de pavimento em lajetas pré-fabricadas de betão e respetiva base de assentamento em aterro compactado para reconstituição do mesmo. O guarda-corpo será reforçado com novas peças pré-fabricadas em betão, fixadas através de armadura de aço previamente inserida e colada com adesivo químico em furação a executar no coroamento do muro de suporte. Os prumos metálicos serão fixados às peças de betão através de cavilhas de expansão.

Já no interior do edifício prevêem-se trabalhos de carpintarias, serralharia, assim como o tratamento das infiltrações dos taques. Neste âmbito serão limpos e removidos os locais afetados, recorrendo a meios de demolição mecânica, caso necessário. Serão ainda impermeabilizadas as caleiras perimetrais de transbordo e substituídas as caleiras de drenagem dos chuveiros em PVC, pintados os elementos em madeira do interior da nave e das superfícies interiores em betão.

No exterior do edifício estão previstas pinturas, reparações do revestimento e das caleiras da cobertura.

Nas instalações eléctricas, prevê-se a requalificação da iluminação normal e de emergência, através da substituição das luminárias fluorescentes, que se encontram danificadas, por outras do tipo LED, para melhorar a sua qualidade, eficiência e o conforto visual. O Sistema Automático de Detecção de Incêndio, será também objecto de intervenção, através da substituição de equipamentos avariados.