Coimbra  30 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC abre concurso para passeios da Estrada da Beira e plantar 200 árvores

25 de Outubro 2020 Jornal Campeão: CMC abre concurso para passeios da Estrada da Beira e plantar 200 árvores

O Executivo da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) vai analisar e votar, segunda-feira, uma proposta de abertura de concurso público para a requalificação da Estrada da Beira, desde a rotunda da Casa Branca até o Alto de São João.

A obra, onde a autarquia prevê investir 1,7 milhões de euros, pretende, essencialmente, melhorar a mobilidade pedonal, intervindo nos passeios para dar maior segurança e conforto aos peões, em detrimento do automóvel.

A empreitada prevê ainda a plantação de mais 200 árvores; o melhoramento das paragens dos transportes públicos; e a remodelação da iluminação pública, das redes eléctricas de baixa tensão e de telecomunicações, bem como de drenagem de águas pluviais e de abastecimento de águas.

A CMC pretende requalificar os caminhos pedonais da Estrada da Beira, que originalmente foi uma Estrada Nacional (EN17) e que mais tarde, com a expansão da cidade para sudeste e consequente urbanização do Vale das Flores, veio assumir um carácter mais urbano.

Agora, a autarquia vai abrir um concurso público para intervir nesta via, de forma a uniformizar o que ao longo dos anos foi realizado de forma desgarrada, com alguns passeios estreitos, em betuminoso e mais vocacionados para a entrada e saída de veículos do que para a mobilidade pedonal.

O objectivo da empreitada, que tem um prazo de execução de 420 dias, será o de configurar os passeios pedonais para dimensões que permitam o conforto e a segurança dos peões, reduzindo a faixa de rodagem dentro das medidas regulamentares. Os lancis serão substituídos, com o objectivo de recuperarem uma altura que impossibilite a ocupação dos passeios pelos automóveis, sendo colocadas rampas para acesso a veículos somente em locais onde se verifique tal necessidade.

A CMC vai também plantar cerca de duas centenas de árvores, que serão integradas e harmonizadas com as actualmente existentes, de forma a dotar esta artéria da cidade de uma atmosfera mais saudável, minorando o ruído e contribuindo para a criação de um espaço mais verde e agradável.

As redes de drenagem de águas pluviais e abastecimento de águas serão remodeladas, à semelhança das redes eléctricas de baixa tensão e iluminação pública. Os locais de paragem dos transportes públicos também serão melhorados, contribuindo para uma maior segurança e conforto dos utilizadores.

O projecto de execução desta empreitada foi aprovado na reunião do Executivo Municipal de 17 de Agosto deste ano, tendo votado favoravelmente a maioria dos vereadores e contra os eleitos pelo Somos Coimbra.