Coimbra  5 de Dezembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CM Coimbra prorroga apoios à economia local e comerciantes

20 de Novembro 2021 Jornal Campeão: CM Coimbra prorroga apoios à economia local e comerciantes

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra vai analisar e votar, na sua reunião da próxima segunda-feira, três propostas para prorrogar apoios à economia local e aos comerciantes, com o objectivo de atenuar os impactos negativos provocados pela situação pandémica.

O Município Coimbra vai prorrogar, até final de Março de 2022, a isenção de pagamento de rendas devidas pelos estabelecimentos comerciais instalados em edifícios/espaços municipais que se encontrem arrendados e/ou concessionados. A autarquia abdica, assim, de mais de 81 mil euros relativos às rendas, mais concretamente 11 mil euros de receita das rendas de espaços comerciais e 70.824 euros das mensalidades dos espaços concessionados pelo Município de Coimbra.

Estas são duas medidas que o Executivo municipal adoptou logo desde o início do primeiro confinamento, em Abril de 2020. Desde essa data estima-se que a autarquia tenha deixado de receber cerca de 340 mil euros dessas cobranças, de forma a apoiar o tecido económico de Coimbra.

A isenção de taxas municipais aos pequenos comerciantes locais e produtores agrícolas que desenvolvem a sua actividade no Mercado Municipal D. Pedro V é outra das medidas extraordinárias cuja prorrogação vai ser analisada pelo Executivo e que foi também adoptada no início do primeiro confinamento. Uma medida que permitiu aos comerciantes uma poupança global superior a 103 mil euros, referente a taxas não cobradas entre abril de 2020 e Dezembro de 2021. O Executivo vai analisar a prorrogação desta medida até ao final de Março de 2022, com retroativos a 1 de Outubro de 2021, o que se traduz numa nova poupança para os comerciantes de 34.000 euros.