Coimbra  20 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CIM Região de Coimbra promove a dinamização de praias da região

15 de Agosto 2019

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra apresentou, hoje (15), o projecto “Surf No Crowd” que promete dinamizar as praias da Tocha, Figueira da Foz e Mira.

Esta é uma iniciativa promovida pela CIM Região de Coimbra e tem como objectivo “potenciar a prática de surf em zonas com praias pouco densificadas e exploradas, aliadas às condições de excelência para a prática da modalidade”.

Durante a apresentação, que decorreu em Lisboa, José Carlos Alexandrino, presidente da CIM Região de Coimbra, destacou que “com o ‘Surf No Crowd’” pretende-se “transformar estas praias dos concelhos de Cantanhede, Figueira da Foz e Mira num destino de surf para todos, e não só para os praticantes de circuitos e provas, assumindo este destino como um ambiente pouco massificado e, acima de tudo, amigável”, acrescentando, ainda, que “é por isso que estas praias vão ser alvo de uma forte campanha de  estruturação, qualificação e comunicação que irá, sem dúvida, aumentar a sua notoriedade a nível nacional e internacional e desvendar este segredo tão bem guardado”.

Na apresentação estiveram, também, presentes o representante do Turismo do Centro de Portugal, Jorge Loureiro, a representante da CCDRC, Isabel Damasceno, bem como representantes dos municípios envolvidos no projecto e da Ubiwhere, entidade responsável pela execução do projecto.

Durante o evento foram ainda apresentados os três embaixadores do projecto – Cláudia Pinto, Gonçalo Cadilhe e Miguel Blanco -, que irão acompanhar o “Surf no Crowd” em busca das melhoras ondas.

 

ISEC alia-se ao destino “Surf No Crowd” com prancha inovadora

O presidente do Instituto Superior Engenharia de Coimbra (ISEC), Mário Velindro, apresentou a prancha oficial do “Surf No Crowd”, sustentável e inovadora.

«Tenho a certeza que daqui para a frente, o surf e a Região de Turismo de Coimbra ficarão mais beneficiados», frisou Mário Velindro.

Os investigadores do ISEC estão a conceber um novo modelo de pranchas de surf recorrendo a materiais ecológicos e reciclados. A prancha vai ajudar no processo de aprendizagem de novos surfistas através de um melhor desempenho biomecânico.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com