Coimbra  13 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CIM de Coimbra mantém confiança na execução das infraestruturas mesmo fora do PRR

26 de Abril 2021 Jornal Campeão: CIM de Coimbra mantém confiança na execução das infraestruturas mesmo fora do PRR

A Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra está a trabalhar afincadamente na execução do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), quer nas estradas quer em outros domínios, até 2026.

“Temos vindo a trabalhar com todas as associações do sector, nomeadamente as várias associações empresariais, e lamentamos a posição que a Associação Empresarial da Região de Coimbra (NERC) tomou, que nos parece que não exprime aquela que é a posição da maioria das associações empresariais da Região”, afirma José Carlos Alexandrino, presidente da CIM Região de Coimbra.

O autarca realça ainda que CIM tem estado a articular, com a Infraestruturas de Portugal e com o Ministério das Infraestruturas e da Habitação, a execução de todas as vias sinalizadas, seja no PRR ou fora dele, conforme indicado pelo Governo em nota de imprensa.

Recorde-se que o Governo assegurou que os três projectos da Região de Coimbra que deixam agora de contar com financiamento do PRR – a ligação ao IP3 dos concelhos a sul; EN341, Alfarelos (EN342) / Taveiro (Acesso ao Terminal Ferroviário de Alfarelos), IC6; e Tábua/Folhadosa/Seia (Serra da Estrela) – “não deixarão de ser executados” e serão realizados com “recurso a financiamento nacional”.