Coimbra  28 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cidadãos por Coimbra considera “erro grave” nova Maternidade nos HUC

8 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Cidadãos por Coimbra considera “erro grave” nova Maternidade nos HUC

O Movimento Cidadãos por Coimbra (CpC) pronunciou-se quanto à afirmação da ministra da Saúde, Marta Temido, de que a nova Maternidade de Coimbra deverá ser construída no pólo de Celas do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), considerando “um erro grave”.

“É um erro grave pela cedência à revelha tendência de concentrar serviços, desprezando a vertente territorial das decisões. Tanto mais grave quanto foi alertada por todos os municípios da CIM para as vantagens da solução alternativa”, afirma o Movimento.

O CpC considera, ainda, um erro grave uma vez que compromete mais recursos e alonga os prazos de execução, “numa altura em que o país tanto precisa de eficiência nos cuidados de saúde”.

O Movimento, que em Maio de 2018 lançou um debate com a petição que associava a nova Maternidade à urgente revalorização do Hospital dos Covões, “apela a todos os cidadãos para que se pronunciem pela reversão desta decisão, pela construção urgente da nova Maternidade no espaço desafogado e disponível no Hospital dos Covões.