Coimbra  17 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Ciclo de teatro e artes da Universidade de Coimbra com cerca de 40 iniciativas

10 de Maio 2023 Jornal Campeão: Ciclo de teatro e artes da Universidade de Coimbra com cerca de 40 iniciativas

Cerca de quatro dezenas de iniciativas compõem o programa do Ciclo de Teatro e Artes Performativas Mimesis, que ao longo de um mês irá decorrer em Coimbra, estendendo-se ainda à Figueira da Foz, revelou hoje a Universidade de Coimbra.

“Temos os meses de Maio e Junho particularmente intensos em Coimbra, mas mesmo assim os parceiros culturais aderiram em massa a esta proposta, que nos vai permitir apresentar uma programação que não andará longe das 40 iniciativas”, anunciou o vice-reitor da Universidade de Coimbra para a Cultura, a Comunicação e a Ciência Aberta, Delfim Leão.

O 4.º Ciclo de Teatro e Artes Performativas Mimesis é organizado pela Universidade de Coimbra (UC) e vai decorrer de 15 de Maio a 15 de Junho, maioritariamente na cidade de Coimbra, levando ainda um espectáculo e algumas actividades à Figueira da Foz.

Durante a conferência de imprensa de apresentação do programa do Ciclo Mimesis, na manhã de hoje, no Colégio das Artes, em Coimbra, Delfim Leão evidenciou que estão previstos 28 eventos performativos, “com uma grande tónica no teatro”.

Terão ainda lugar outro tipo de performances, com “actividades de vários tipos e oito eventos convergentes”.

Entre os eventos convergentes destacam-se “alguns exemplos de actividades para crianças e ‘workshops’, que, de alguma maneira, permitem reflectir sobre o processo que levou precisamente à construção do espectáculo”.

De acordo com o vice-reitor da UC, o programa foi pensado para agradar a um público lato e para “reforçar a centralidade de Coimbra”.

“Vamos ter sete grupos, com sensibilidades várias, que realmente mostram a sua dinâmica na actividade artística, sobretudo, mais ligada à performance teatral”, descreveu. O responsável disse ainda que a maioria dos espectáculos será de fruição gratuita.

“Haverá em um ou outro caso pagamento, mas estamos a falar do que ocorre no Teatro Académico [Gil Vicente], até por questões de sustentabilidade básica da própria actividade. Mas, por norma, são a preços obviamente muito contidos”, justificou.

O programa do Ciclo Mimesis inclui cerca de 40 actividades, entre teatro, dança, performance e actividades para crianças, subordinadas ao tema “Horizonte”, que procuram valorizar a criação e a prática artísticas, promover a investigação especializada, aprofundar a formação e qualificação na área das artes e contribuir para a diversidade e qualidade da programação cultural, ao estimular o diálogo entre a UC, a cidade, a região e o país.

Entre os destaques, figura, no dia 25 de Maio, a mostra de teatro universitário “Medeia”, levada pela Associação Cultural Thiasos ao Teatro Académico Gil Vicente. No mesmo dia, a Real República Pra-Kys-Tão apresenta “Horizonte Submisso”. Já “Pulsam os Papiros”, da Associação Cultural Tarrafo, sobe ao palco do Salão Brazil a 7 de Junho.