Coimbra  24 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CHUC perde acção em Tribunal sobre horas extraordinárias em processo com 11 anos

27 de Outubro 2020 Jornal Campeão: CHUC perde acção em Tribunal sobre horas extraordinárias em processo com 11 anos

Após 11 anos, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) foi condenado  a pagar as horas de trabalho extraordinário prestadas e não pagas a 10 enfermeiros, associados do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), entidade que interpôs a acção judicial.

O CHUC, na altura (em Julho de 2009) Hospitais da Universidade de Coimbra, foi acusado de não pagar horas extraordinárias realizadas a 10 enfermeiros. O Tribunal veio, agora, dar razão aos queixosos, exigindo o efectivo pagamento, acrescido dos juros de mora.

“Apesar de terem decorridos 11 anos, fez-se inteira justiça aos enfermeiros a quem era permanentemente solicitado um esforço adicional (horas extraordinárias) na sua vida pessoal e profissional e que na altura, o Conselho de Administração liderado por Fernando Regateiro nunca quis reconhecer como tal”, esclarece o SEP, considerando que “este é um sinal inequívoco para que os atropelos à Lei sejam repensados pelas diversas instituições, garantindo o gozo efectivo dos direitos dos enfermeiros”.