Coimbra  29 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

China e África do Sul reforçam cooperação

23 de Agosto 2023 Jornal Campeão: China e África do Sul reforçam cooperação

“Nos últimos 25 anos, as relações entre a China e a África do Sul foram-se estreitando e a confiança estratégica mútua atingiu um novo patamar” – afirmou o Presidente chinês, Xi Jinping, no decorrer da conferência de imprensa conjunta com o Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa.

A conversa com os jornalistas decorreu em Pretória esta terça-feira (dia 22), após o encontro entre os dois estadistas na residência presidencial.

Xi Jinping começou por afirmar que era com grande prazer que fazia a sua quarta visita oficial “ao belo país do arco-íris”, no ano em que as relações diplomáticas com a China completam um quarto de século. Após salientar que a cooperação em vários campos se expandiu e a coordenação multilateral se estreitou, referiu que o Partido Comunista da China está a unir e a liderar o povo chinês “para a grande revitalização da Nação através da modernização ao estilo chinês”, enquanto a África do Sul também está a explorar, de forma activa e independente, o caminho do desenvolvimento adaptado às realidades do País. E continuou:

“As relações entre a China e a África do Sul estão perante novas oportunidades de desenvolvimento. Há pouco, eu e o Presidente Ramaphosa tivemos conversas frutíferas, trocámos opiniões sobre o desenvolvimento das relações bilaterais na nova era e questões internacionais e regionais de interesse comum e chegámos a um consenso importante. Assistimos à assinatura de uma série de importantes documentos de cooperação bilateral. Estou cheio de confiança nas perspectivas de relações amistosas e cooperativas entre os dois países”.

E acrescentou:

“Concordámos que tanto a China quanto a África do Sul são grandes países em desenvolvimento e mercados emergentes com importante influência. Os dois lados devem ser parceiros globais na proteção da justiça. Precisamos de fortalecer a coordenação estratégica, praticar o multilateralismo e promover a ampliação da representação e da voz dos países do ‘Sul Global’ na governança internacional. A China apoia firmemente a integração africana, o progresso substancial feito pela União Africana ao ingressar no G20 este ano, e um papel mais relevante da África do Sul nos assuntos internacionais e regionais”.

O presidente chinês destacou ainda que, nas circunstâncias atuais, esta Cimeira do BRICS é de grande importância para fortalecer a solidariedade e a cooperação entre os países do bloco e promover o desenvolvimento do mecanismo. Na presidência rotativa do BRICS, a África do Sul fez um trabalho muito frutífero na preparação desta reunião, que o líder chinês elogiou, dizendo acreditar que, com os esforços conjuntos de todas as partes, a Cimeira terá um grande sucesso.

Por seu turno, o presidente sul-africano disse que povo do seu país agradece ao governo e ao povo chinês o valioso apoio à luta anti-apartheid e ao desenvolvimento nacional, além do fornecimento de grande quantidade de suprimentos médicos para o combate à Covid-19.

E acrescentou:

“O Presidente Xi Jinping e eu reiteramos que continuaremos a apoiar firmemente um ao outro nas questões de interesse mútuo e nas principais preocupações de cada país. Concordamos em aprofundar a cooperação bilateral em comércio e investimento, expandir ainda mais a cooperação em infraestruturas, turismo, educação, economia digital e outros campos, e fortalecer a coordenação externa nas principais questões internacionais e regionais. Também espero co-presidir, juntamente com o presidente Xi Jinping, ao Diálogo de Líderes China-África, para discutir o aprofundamento da cooperação África-China” – concluiu Cyril Ramaphosa.

XI JINPING CONDECORADO COM A ORDEM DA ÁFRICA DO SUL

O Presidente chinês, Xi Jinping, recebeu esta terça-feira em Pretória a Ordem da África do Sul das mãos do Presidente Cyril Ramaphosa.

A cerimónia de condecoração decorreu após a reunião de Xi com Ramaphosa, durante a visita de Estado à África do Sul, onde participa na 15ª Cimeira do BRICS e copresidirá, com Ramaphosa, ao Diálogo de Líderes China-África.

A Ordem da África do Sul é a mais alta condecoração e a mais alta honra que aquele país concede a um chefe de Estado.

Falando na cerimónia, Xi disse que a parceria estratégica abrangente China-África entrou numa “era dourada”, pois a confiança política mútua entre os dois lados continua a aprofundar-se e a cooperação mutuamente benéfica e prática em vários campos tem tido resultados frutíferos.

O Presidente chinês sublinhou que os dois países têm mantido uma estreita cooperação nos assuntos internacionais, o que tem contribuído para os respetivos desenvolvimentos e revitalizações e tem dado contributos positivas para salvaguardar os interesses comuns dos países.

Xi reiterou que, independentemente das mudanças na situação internacional, os dois lados permanecerão comprometidos em aprofundar a cooperação bilateral. Destacando a importância da amizade entre os dois povos, Xi prometeu promover o desenvolvimento contínuo das relações China-África do Sul.

(Centro de Programas de Línguas da Europa e América Latina da China)