Coimbra  5 de Agosto de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Chega candidata empresário Miguel Ângelo Marques em Coimbra para fomentar economia

2 de Junho 2021 Jornal Campeão: Chega candidata empresário Miguel Ângelo Marques em Coimbra para fomentar economia

O empresário Miguel Ângelo Marques vai ser o cabeça de lista do Chega à Câmara de Coimbra, numa candidatura que assenta no fomento da economia, na fixação de jovens e empreendedores, e no apoio à população sénior.

Sem qualquer experiência política no passado, o empresário, de 49 anos, revelou que foram as desigualdades sociais, a falência da economia e a falta de capacidade para criar emprego que o levou a avançar com a candidatura.

“Tenho assistido a um desrespeito total do poder político no que diz respeito aos fundos públicos, comunitários, autarquias e freguesias. Tudo isto me fez aceitar um projecto novo e diferenciado, no qual entrego toda a minha experiência e conhecimento com a finalidade de fazer a mudança”, frisou.

O cabeça-de-lista do Chega denuncia que, nos últimos 20 anos, Coimbra perdeu “cerca de vinte por cento do mercado de trabalho no concelho”, situação que pretende inverter através do “fomento à economia do concelho, angariando empresas e nunca descurando as já existentes”.

Neste sector, que considera o primeiro pilar, Miguel Ângelo Marques defende o aumento dos parques industriais de Taveiro e de Eiras, e a criação de um novo parque empresarial de Souselas, Botão e Almalaguês.

“Segundo pilar: promover a fixação de jovens e empreendedores, fomentando a economia e o empreendedorismo, e criando estruturas físicas e técnicas, para o efeito. De lembrar que a maioria dos jovens formados no concelho não encontra aqui oportunidades de trabalho”, explica o candidato.

Por último, o terceiro pilar da sua estratégia assenta no apoio à população sénior do concelho, que “está cada vez mais envelhecida e mais esquecida”, através da implementação de programas para o seu acompanhamento.

Ao nível intermunicipal, Miguel Ângelo Marques pretende criar condições de navegabilidade no rio Mondego entre Choupal (Coimbra) e Figueira da Foz, a conclusão da ligação da A13 ao IP3, bem como os respectivos acessos, “e o desejado metro à superfície entre Coimbra e Serpins”.

O Executivo municipal de Coimbra é liderado pelo socialista Manuel Machado e constituído por cinco elementos do PS, três do PSD (embora um tenha passado a independente), dois do movimento Somos Coimbra e um da CDU.

Para além da recandidatura de Manuel Machado (PS), até ao momento também já anunciaram a sua candidatura à Câmara de Coimbra Francisco Queirós (CDU), José Manuel Silva (coligação de vários partidos) e Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra).

Foto: Observador