Coimbra  26 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

“Cervejar, Petiscar e Passear” são argumentos para visitar a Baixa de Coimbra

8 de Setembro 2020 Jornal Campeão: “Cervejar, Petiscar e Passear” são argumentos para visitar a Baixa de Coimbra

De quinta-feira (10) a sábado (12) e de 24 a 26 de Setembro, entre as 16h00 e as 23h00 há mais argumentos para se visitar a Baixa de Coimbra, porque estará a decorrer o evento “Caminhos da Cerveja – Cervejar, Petiscar e Passear”.

A iniciativa, promovida pela Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC), em parceria com a Brew! e a Associação Portuguesa do Património Cervejeiro, consiste na “degustação de 26 petiscos diferentes, acompanhados por cervejas artesanais da região de Coimbra, em 26 espaços associados da APBC que, mais uma vez, irão mostrar o melhor que têm para oferecer”, refere a entidade.

O objectivo passa, como habitualmente, por “promover a Baixa e também a Alta de Coimbra, além de pretender desenvolver a coesão entre comerciantes”, explicou Assunção Ataíde, presidente da APBC na apresentação da iniciativa.

“Queremos potenciar a vontade de as pessoas virem à Baixa e, por isso, apelamos aos comerciantes de outros sectores que não os de restauração, para fazerem um esforço de estarem abertos durante o período em que decorre o evento”, apelou a responsável, sublinhando que “de certeza, todos ganharão com isso”.

Já João Claro, da Brew! revelou que a iniciativa “vinha a ser pensada desde o ano passado e, com a pandemia, o formato do evento teve de ser repensado mas “desta forma vai dar liberdade às pessoas de escolher um dos 26 locais e estarem mais distribuídas”.

A ideia foi juntar petiscos com as cervejas artesanais da região– vão estar presentes nove marcas – tendo cada um dos estabelecimentos escolhido a que mais se adequava ao seu prato.

“Tentámos criar novas dinâmicas e poder colher frutos a curto e a longo prazo”, sublinhou João Claro, enfatizando que “houve um esforço dos comerciantes para diversificar a oferta”.

A Associação Portuguesa do Património Cervejeiro, recentemente criada e com sede em Coimbra, participa na “Caminhos da Cerveja” através da ajuda prestada “na harmonização dos petiscos com a cerveja”.

Os petiscos e as cervejas são comprados directamente em cada um dos locais de consumo (quatro euros cada).

Mas, esta é também uma iniciativa cultural, que visa dar a conhecer os recantos e encantos do centro histórico de Coimbra conhecendo, claro, a sua História.

Assim, os visitantes poderão passear pela história da cidade, através de dois percursos (sempre com paragem num dos espaços de restauração aderentes): “Caminho da Canção” (pela Alta da cidade) e “Caminho de Santiago” (na zona da Baixa), dinamizados por “Casas Contadas”.

Haverá uma visita por cada dia, excepto nos sábados, em que serão duas, e todas são limitadas a 10 pessoas, que deverão cumprir as medidas de segurança e de prevenção da covid-19.

A “Casas Contadas”, uma associação também criada recentemente, vai guiar os participantes pelas Histórias da cidade, “criando pontes entre o passado e o presente de Coimbra”, como explicou Alice Luxo.

“Damos um novo colorido aquilo que é o evento, entre a cerveja e o petisco”, notou, realçando que é importante “convidar as pessoas a reviver e a voltar à Baixa, a percorrer este território e a conhecer as suas histórias”.

Cada sessão/percurso tem o custo de 12 euros, que inclui também a cerveja e o petisco, e o ponto de encontro será no largo da Portagem, contudo, devido à limitação de pessoas, requer reserva antecipada.

Os espaços aderentes a esta iniciativa são:

– A Camponeza
– Adega Paço do Conde
– Arcada Comes e Bebes
– Cabido Bar
– Café Central
– Café Couraça
– Café Santa Cruz
– Carmina de Matos
– Caves do Conde
– Cervejaria Almedina
– Coola Boola CoLAB
– Dux Taberna Urbana
– Fangas Maior
– Maria Rio
– Medina – Café Restaurante
– Muralhada
– Pastelaria Briosa
– Pastelaria Visconde
– Pet&Tea
– Queijaria de Coimbra
– RS Café Concerto
– SweetArt Coimbra
– Taberna Laura
– Vinariam Wine & Tapas
– Vinharia da Sé
– Yasashii