Coimbra  25 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Centro de Formação de Artesanato melhora instalações em Coimbra

11 de Março 2024 Jornal Campeão: Centro de Formação de Artesanato melhora instalações em Coimbra

O Cearte – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património vai investir 825 mil euros em obras de requalificação da sua sede, em Coimbra.

O aviso de abertura do concurso público, emitido na sexta-feira e publicado esta segunda-feira no Diário da República, fixa em 825 mil euros o valor do preço base do procedimento, contemplado com apoio de fundos da União Europeia.

A execução do contrato será de 270 dias, devendo as propostas ser apresentadas até 8 de Abril.

“Os concorrentes são obrigados a manter as respetivas propostas” durante 66 dias, a contar do termo do prazo de apresentação, exigindo o Cearte, enquanto entidade adjudicante, que as empresas prestem como garantia uma caução de 05% do preço contratual.

Para obter mais dados sobre o projecto de requalificação do edifício, situado a norte da cidade de Coimbra, a agência Lusa tentou contactar o director do Cearte, Paulo Teles Marques, que não esteve disponível para o efeito.

O Cearte foi criado em 1986, ao abrigo de um protocolo entre o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) e a Cáritas Diocesana de Coimbra, “com o objectivo de promover formação profissional orientada para as diversas áreas do sector do artesanato e do património”, fazendo parte da rede pública de 28 centros de gestão participada “para a resposta das necessidades sectoriais de formação”.

Organismo de direito público com sede em território da União das Freguesias de Eiras e São Paulo de Frades, o Cearte tem pólos em Miranda do Corvo e Alvaiázere, e desenvolve a sua acção de norte a sul do país, sendo o único centro de formação da rede do Instituto de Emprego e Formação Profissional vocacionado para as artes e ofícios em Portugal.