Coimbra  15 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Centro de Fernão de Magalhães: Comissão alerta para redução de médicos

31 de Julho 2018

A Comissão de Utentes do Centro de Saúde da avenida de Fernão de Magalhães (Coimbra) disse ao “Campeão” ter tido conhecimento do cancelamento, a partir de 01 de Agosto, da actividade de cinco médicos.

Segundo Gonçalo Almeida, membro da sobredita Comissão, a quebra do número de médicos de família prende-se com não renovação de contratos por que estavam abrangidos profissionais de saúde autorizados a continuarem a exercer actividade apesar de se encontrarem aposentados.

A contratação de clínicos naquela situação carece de aval do Ministério da tutela mediante parecer favorável da Administração Regional de Saúde.

Segundo Gonçalo Almeida, a inesperada situação acarreta falta de médico de família para cerca de 6 000 utentes adstritos ao referido Centro, à Unidade de Saúde Familiar da avenida de Fernão de Magalhães e à Extensão de S. Silvestre.

Os contratos dos médicos aposentados não serão renovados em virtude de estar prevista a colocação, em breve, de outros quatro, decorrente de um concurso de mobilidade já terminado,  sendo que desde Abril já se encontra em funções uma médica, disse ao nosso Jornal fonte da ARS/Centro.

O organismo desconcentrado do Ministério da Saúde indica, ainda, estar a decorrer um concurso para recém-especialistas de Medicina Geral e Familiar.

Para esta “fase transitória”, segundo a mesma fonte, o Agrupamento de Centros de Saúde do Baixo Mondego procedeu à “reorganização de escalas e de serviços de forma a manter a devida assistência aos utentes do Centro de Saúde e respectivas extensões”.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com