Coimbra  18 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Centro de Arte Contemporânea de Coimbra inaugura exposição “Linha Móbil”

13 de Julho 2023 Jornal Campeão: Centro de Arte Contemporânea de Coimbra inaugura exposição “Linha Móbil”

O Centro de Arte Contemporânea de Coimbra (CACC) inaugura na sexta-feira, pelas 18h00, a exposição “Linha Móbil”, com obras de Daniel Blaufuks, Helena Almeida, Julião Samento e Roland Fischer, entre outros.

A exposição, patente até 22 de Outubro, vai reunir obras de “Ângelo de Sousa, Daniel Blaufuks, Helena Almeida, Jorge Molder, Jorge Queiróz, José Loureiro, José Lourenço, José Pedro Croft, Julião Sarmento, Nadir Afonso, Paulo Catrica, Paulo Nozolino, Pedro Calapez, Roland Fischer e Rui Sanches”, anunciou o município.

Em “Linha Móbil”, o CACC vai continuar a sua missão de acolher obras de colecções privadas, colocando-as em relação com a Colecção de Arte Contemporânea do Estado e com a Colecção do Município, desta vez com peças da colecção Isabel e Carlos, sediada em Coimbra, referiu.

A nova exposição “apresenta obras marcadas por uma atmosfera geométrica na qual a linha é determinante para unir o ponto de saída e o momento de chegada que substancia o acto criativo”, referiu o curador da exposição, José Maçãs de Carvalho, citado na nota de imprensa.

Para o responsável, trata-se de obras “que oscilam entre a abstracção e a geometria, ora com figurações de segundo plano, ténues ou em progresso, ora determinadas por linhas de primeiro plano”.

O título é inspirado num poema de Álvaro de Campos, reflectindo “sobre a viagem enquanto processo angustiante (“…nunca perco… a sensação de arrepio.”)”.

“A linha móbil é, porventura, o movimento criativo, mas também aquilo que instiga e motiva”, disse.

A exposição pode ser visitada de terça-feira a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, e de sábado a domingo, entre as 10h00 e as 13h00 e as 14h00 e as 18h00.