Coimbra  19 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Celeste Amaro sai da programação do Convento São Francisco em Coimbra

7 de Março 2022 Jornal Campeão: Celeste Amaro sai da programação do Convento São Francisco em Coimbra

A antiga directora regional da Cultura do Centro Celeste Amaro foi afastada da programação do Convento São Francisco, em Coimbra, menos de uma semana após ter assumido o cargo.

Celeste Amaro foi afastada da assessoria artística e cultural do Convento São Francisco, espaço gerido pela Câmara de Coimbra (CMC), conforme confirmou fonte camarária, adiantando que a funcionária do Município já não ocupa aquele cargo que tinha assumido na terça-feira, substituindo a arquitecta Isabel Worm.

A Câmara de Coimbra esclareceu ainda que Celeste Amaro não se demitiu do cargo, tendo sido antes uma decisão do presidente do Município, José Manuel Silva.

A mesma fonte referiu, à agência Lusa, que será dada uma nota pública “quando for encontrada uma alternativa” a Celeste Amaro, cuja saída foi avançada pelo “Notícias de Coimbra”.

A escolha da antiga deputada do PSD para assumir a programação daquele espaço cultural foi criticada, aquando do seu anúncio, pelo PS, PCP e Cidadãos por Coimbra.

Depois do anúncio, a Câmara de Coimbra tinha afirmado que ficaria descartado, “por agora”, um novo modelo de gestão para o Convento São Francisco (uma promessa eleitoral da coligação Juntos Somos Coimbra).

No entanto, um dia depois, o Município garantiu que o novo modelo de gestão para aquele espaço seria apresentado ao Executivo ainda durante este ano, numa resposta às críticas do movimento Cidadãos por Coimbra.

Sobre se haveria um término definido para o tempo em que Celeste Amaro estaria à frente do Convento e se esta seria uma solução transitória, o Município referiu na altura que o mandato de Celeste Amaro à frente daquele espaço não tinha um “limite temporal pré-definido”.

Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Celeste Amaro foi a responsável da Direcção Regional da Cultura do Centro (DRCC) entre 2011 e 2018, num percurso que não esteve isento de polémicas.