Coimbra  24 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CEC e Ministério da Economia apresentam “Programa Capitalizar”

29 de Junho 2017 Jornal Campeão: CEC e Ministério da Economia apresentam “Programa Capitalizar”

O “Programa Capitalizar” vai ser apresentado, hoje, pelas 17h00, no auditório do Conservatório de Música de Coimbra, numa sessão organizada pelo Ministério da Economia e pelo Conselho Empresarial do Centro – Câmara de Comércio e Indústria do Centro (CEC/CCIC).

O objectivo é que sejam divulgadas aos interessados as medidas e apoios disponíveis às empresas.

Na sessão irá apresentar-se o Programa, tomar conhecimento do estado de execução das medidas e, ainda, debater e responder a algumas questões do público.

A abertura do evento será feita pelo presidente do CEC/CCIC, José Couto, seguindo-se a apresentação do “Programa Capitalizar” e estado de execução das medidas pelo presidente da Estrutura de Missão para a Capitalização das Empresas, José António Barros. O encerramento ficará a cargo do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

O “Programa Capitalizar” possui cinco eixos estratégicos – simplificação administrativa, fiscalidade, reestruturação empresarial, financiamento e mercado de capitais – e tem o objectivo de “capitalizar Pequenas e Médias Empresas (PMEs), promover estruturas financeiras nas empresas mais equilibradas, reduzir os passivos das empresas economicamente viáveis, bem como a melhoria das condições de acesso ao financiamento por parte das microempresas e PME”.

À agência Lusa, Caldeira Cabral fez “um balanço muito positivo” deste programa, com “mais e 80 por cento das medidas implementadas ou em curso”, o que se traduz em 71 medidas. No início foram propostas 64, contudo, “ao longo deste último ano houve outras 20 medidas que da discussão com os parceiros foram, também, implementadas e, por isso, acrescentadas ao programa”, adiantou o ministro.

Coimbra é o ponto de partida para o périplo de sessões de esclarecimento, que vão chegar a Porto, Leiria, Santarém, Lisboa, Famalicão, Aveiro, Viana do Castelo e Faro.