Coimbra  29 de Novembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CDU de Coimbra reclama méritos nas obras em curso nos bairros municipais

19 de Maio 2021 Jornal Campeão: CDU de Coimbra reclama méritos nas obras em curso nos bairros municipais

O candidato da CDU à Câmara de Coimbra refere que o partido (PCP) tem provas dadas nas freguesias e no Executivo, destacando as várias intervenções em curso nos bairros municipais que ascendem a 11 milhões de euros.

“Nas áreas de competências municipais delegadas à CDU há obra bem visível. Está em curso, neste momento, no concelho o maior volume de obras de requalificação e reabilitação de habitações municipais dos últimos largos anos”, disse Francisco Queirós, que integra o Executivo municipal presidido pelo socialista Manuel Machado.

O vereador, que se recandidata à presidência da autarquia, destacou as diversas empreitadas em curso na requalificação dos Bairros Municipais da Rosa, Conchada, Ingote e Celas, para além da Casa das Cruzes.

O candidato adiantou ainda que estão prestes a ser lançadas outras empreitadas de intervenção no Bairro de Celas e no Bairro da Fonte do Castanheiro.

Numa cerimónia na Praça 8 de Maio, no coração da Baixa de Coimbra, presidida pelo secretário-geral comunista Jerónimo de Sousa, o cabeça de lista da CDU disse que se tem “batido pela reabilitação de todos os bairros municipais e exigido à governação municipal o seu compromisso com este objectivo”.

“A acção e determinação constante da CDU têm sido assim cruciais para a centralidade da habitação nas políticas municipais do Concelho, tendo em vista a construção de respostas que concorram para a concretização do direito à habitação”, salientou.

Segundo Francisco Queirós, foi também com a acção da CDU que “foi aprovada uma Estratégia Local de Habitação que nos próximos anos permitirá investir mais de 33 milhões de euros na habitação no concelho”.

O candidato disse ainda que, ao nível dos transportes, a CDU contribuiu “decisivamente para inverter o rumo de desmantelamento dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC)” e para o aumento significativo de veículos e de pessoal, bem como o alargamento da rede de transporte à zona sul e norte do concelho, que “eram servidos, e mal, por privados”.

Frisou ainda que, por acção daquela força partidária, a maioria socialista que gere o Município de Coimbra “viu-se forçada a reforçar as verbas transferidas para as freguesias”.

Francisco Queirós disse também que por acção da CDU os Serviços Médico-Veterinários da Câmara de Coimbra foram “modernizados por completo”, sendo dotados “com mais pessoal, tratadores e veterinários, equipamentos e meios e qualificação do espaço edificado”.

“Os eleitos da CDU marcam a diferença também pela sua conduta no exercício dos cargos públicos norteados pela recusa de benefícios pessoais, seguindo o princípio de não serem prejudicados nem beneficiados no exercício dos seus mandatos”, enfatizou.