Coimbra  29 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CBD é legal em Portugal? Armazenamento e benefícios do Canabidiol

23 de Julho 2020 Jornal Campeão: CBD é legal em Portugal? Armazenamento e benefícios do Canabidiol

Sendo um dos compostos da planta de cannabis, as questões relacionadas com a legalidade do CBD (canabidiol), em Portugal, são inúmeras vezes colocadas. Ora, os benefícios do óleo CBD para a sua saúde estão testados e comprovados, mas até que ponto poderá adquirir o canabidiol em Portugal?

A resposta é clara. Desde janeiro de 2019 que o Governo Português avançou com um quadro legal para cannabis e os seus respetivos compostos, como é o caso do canadibiol. Assim, atualmente, poderá ser prescrito por profissionais de saúde esses compostos, sendo estes destinados para fins medicinais e não meramente recreativos.

Sistema Legal em Portugal para Cannabis e CBD

Para que não restam dúvidas, desde o ano 2001, que em Portugal foi descriminalizado a posse, consumo e a aquisição de cannabis ou dos seus compostos, desde que sejam respeitados estes seguintes limites:

  • Nas folhas: 2,5g – concentração média de 2% THC;
  • Na resina: 0,5g – concentração média de 10% 9THC;
  • No óleo (como o CBD): 0,25g – concentração média de 20% THC.

Logo, é possível afirmar que a aquisição e consumo de CBD, enquanto óleo de CBD, por exemplo, é legal em Portugal, desde que o THC (tetra-hidrocanabinol) desse composto não ultrapasse os 20%. Logo, apesar da evolução prevista destes limites e leis, Portugal é considerado um dos países da Europa mais abertos à utilização do CBD, principalmente para fins medicinais e bem-estar pessoal.

Canabidiol: óleo milagroso ou banha da cobra?

Talvez por ser ainda um composto pouco conhecido no cardápio dos portugueses, a verdade é que ainda não existe uma grande abertura na utilização do óleo de CBD nas refeições dos portugueses – mesmo que este suplemento alimentar seja comprovadamente benéfico para a sua saúde.

Além disso, e talvez por estar associado diretamente à planta de cannabis, muitas são as pessoas que ainda questionam sobre os reais efeitos do óleo de CBD. Contudo, como já foi anunciado publicamente pela OMS, não só o óleo de CBD tem componentes antioxidantes e anti-inflamatórias, bem como não existe qualquer tipo de efeito psicoativo, ao consumir moderadamente este suplemento natural.

Portanto, não há dúvidas em afirmar que o CBD não só irá enriquecer a sua experiência na cozinha, como também irá tornar as suas refeições mais saudáveis. Todo o processo de aquisição, armazenamento e consumo não só é aconselhado, como também está legalizado em Portugal, sendo previsível uma revisão dessas leis, visto que as vantagens destes compostos de cannabis estão cada vez mais comprovados.

Benefícios do óleo de CBD

Percebendo que o CBD já foi estudado e testado por Organizações de Saúde de referência internacionais, é importante conhecer ao detalhe quais são os principais benefícios encontrados ao acrescentar CBD às suas refeições, ou até mesmo a óleos ou molhos. Entenda quais são as suas principais vantagens comprovadas:

  • Reduz inflamações ou infeções;
  • Combate os diabetes;
  • Excelente para melhorar a sua saúde cardiovascular e mental;
  • Ajuda na luta contra a ansiedade e depressão;
  • Regula o seu sistema digestivo, aliviando o seu mal-estar;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Combate doença como artrites ou epilepsia.

Três regras para armazenar o CBD corretamente

Finalmente, sabendo que é legal em Portugal consumir CBD, sendo respeitado prescrições ou as doses máximas legais, é importante entender quais são os cuidados que deverá ter no armazenamento do CBD. O objetivo é que o canabidiol dure muito tempo, ao mesmo tempo que não perde as suas qualidades medicinais.

Dessa forma, perceba melhor quais são as três regras douradas para armazenar o CBD:

  1. Evite elevadas temperaturas – até um máximo de 21°C, não terá problemas de decomposição do CBD. Coloque-o num local fresco e seco.
  2. Local deverá ser escuro – evite que o CBD esteja em contacto com a luz. Os raios UV podem afetar as suas moléculas orgânicas.
  3. Selar bem o CBD – este suplemento alimentar deverá ser selado, tendo o mínimo de vácuo possível.