Coimbra  13 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Casa Dignidade recebe produtos alimentares para apoiar pessoas sem abrigo

10 de Março 2021 Jornal Campeão: Casa Dignidade recebe produtos alimentares para apoiar pessoas sem abrigo

A Casa Dignidade, em Coimbra, presta apoio através da distribuição de refeições para pessoas em situação de sem abrigo e por semana são dados mais de 420 jantares.

Este é um projecto social, filantrópico, da Fundação ADFP (Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional) que funciona, desde Abril de 2017, na Rua do Brasil, com o objectivo de proporcionar refeições quentes à população sem-abrigo da cidade.

Este serviço é feito sem apoios da segurança social ou de outro organismo governamental, face a isso, e com todos os custos envolvidos, a instituição decidiu lançar uma campanha a solicitar produtos alimentares, que devem ser entregues na Casa Dignidade, para serem usados na produção das refeições.

Criado no âmbito do projecto “Sem-Abrigo Zero”, este “Refeitório com tecto” pretende garantir que as pessoas possam jantar sem ser na rua, podendo ter acesso a cuidados de higiene pessoal, como por exemplo poder lavar as mãos antes de tomar a refeição.

Funciona todos os dias, incluindo fins-de-semana e feriados, contando para tal com uma equipa de voluntários que garante a distribuição das refeições e todos os procedimentos que esta acção implica.

Para além das refeições, a Casa Dignidade presta também apoio psicossocial, como encaminhamento para outros serviços sociais, económicos e médicos. Assegura ainda acompanhamento psicológico aos sem-abrigo e sem-teto que o desejem, garante cuidados de higiene, banhos uma vez por semana e doa vestuário e agasalhos. Tem ainda uma sala de convívio muito utilizada durante os dias frios, com aquecimento, fruta, chá ou café, onde qualquer utente pode permanecer.

Neste momento a Casa Dignidade serve cerca de 1 900 refeições por mês à população sem-abrigo de Coimbra, sentindo necessidade de reajustar e de se reinventar para fazer face a toda a logística necessária com o fim de conseguir garantir todas as refeições.

Apela por isso, a particulares, estabelecimentos, empresas que queiram participar e auxiliar a Casa Dignidade com bens alimentares que possam ser utilizados na confecção das refeições reduzindo os custos do apoio dado diariamente à população “Sem-abrigo”, em pobreza extrema.