Coimbra  25 de Setembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Casa Dignidade da ADFP ultima pormenores para abrir já em Fevereiro

6 de Fevereiro 2017 Jornal Campeão: Casa Dignidade da ADFP ultima pormenores para abrir já em Fevereiro

Os sem-abrigo de Coimbra poderão tomar as suas refeições na Casa Dignidade da Fundação Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP) já em Fevereiro. As obras e instalação de equipamentos estão a ser ultimados para poder abrir o “Refeitório Social Com Tecto”.

Segundo a instituição, este é “um primeiro passo para implementar o projecto ‘Sem-abrigo zero’ na cidade de Coimbra que visa apostar na inclusão e integração das pessoas sem-abrigo”.

O Refeitório Social Com Tecto visa “garantir que estas pessoas possam ter acesso a um jantar sem ser na rua, ao frio ou chuva, com direito a mesa, pratos, talheres e cuidado de higiene”, revela a ADFP.

Neste sentido, a Fundação desafia “todas as instituições de Coimbra, que se dedicam a apoiar as pessoas sem abrigo, a associarem-se a esta iniciativa visando a utilização do Refeitório Social Com Tecto e a implementação de um projecto com o objectivo inclusivo de uma cidade com ‘Sem-abrigo Zero’”.

O novo espaço está localizado junto ao Parque Verde, próximo da estação Parque, logo depois do Parque de Manuel Braga.

Este é mais um reforço para ajudar os sem-abrigo já que a ADFP garante que tem “um enorme respeito por todas as organizações e voluntários que há anos servem refeições na rua às pessoas sem-abrigo e que, com a sua acção diminuem o sofrimento destas vítimas de exclusão social”, contudo, a instituição acredita que, em Coimbra, “se pode hoje definir objectivos mais inovadores e ambiciosos que restituam dignidade a estas pessoas em situação de sem-abrigo”.

E porque, como diz o lema “Todos juntos podemos fazer mais e melhor”, a ADFP pretende criar uma equipa de voluntários disponíveis para implementar este projecto “Sem-abrigo zero” – “Refeitório Social com Tecto”. Os interessados devem enviar dados para geral@adfp.pt, sendo que a coordenadora da equipa é Sónia Mairos e Pedro Machado, psicólogo, que terão o apoio de Dalila Salvador.

Já na freguesia de Eiras, a ADFP pretende implementar um projecto residencial e social no Planalto do Ingote, destinado a acolher cuidados paliativos, crianças com doenças ou deficiências raras e pessoas com doenças degenerativas neurológicas e/ou mentais. Um projecto que está apenas a aguardar luz verde da Câmara Municipal de Coimbra para avançar.