Coimbra  22 de Setembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Casa da Esquina acolhe oficinas para dar visibilidade à mulher

26 de Agosto 2021 Jornal Campeão: Casa da Esquina acolhe oficinas para dar visibilidade à mulher

Em 2020, a Casa da Esquina e o Graal desafiaram a artista Teresa Tellechea para a criação de uma série de oficinas para o público infanto-juvenil em torno do trabalho de quatro artistas plásticas portuguesas. Na altura, e devido à situação de confinamento as oficinas foram desenvolvidas para uma versão on-line.
Agora, passado um ano, o projecto volta, presencialmente e aumentado. Serão cinco oficinas, durante cinco dias, dedicadas a cinco grandes artistas plásticas que marcaram o século XX em Portugal.

“Agora é que são elas: Transformar a invisibilidade das Mulheres em presença” tem como objectivo contribuir para uma maior compreensão dos motivos pelos quais continua a existir uma grande invisibilidade das mulheres na vida pública. Por meio da tomada de consciência de todos, esta iniciativa pretende apontar caminhos para mudanças que conduzam a uma equidade paritária, benéfica para toda a sociedade.

Estas oficinas estão inseridas no projecto “Agora é que são elas”, uma parceria entre a Casa da Esquina e o Graal.

 

Oficinas “Agora é que são elas | A criar”

Orientadora | Teresa Tellechea
Horário | 10:30 às 12:30:
Local | Casa da Esquina
Público | dos 5 aos 13 anos
Custo | 50€ (materiais incluídos)
Lotação | 6 – 10 crianças
* trazer roupa para sujar!

 

Dia 6- Lourdes Castro, Espelho meu, espelho teu! explorar as sombras e as silhuetas

Dia 7- Helena Almeida, A minha obra é o meu corpo, o meu corpo é a minha obra, descobrir as nossas formas e representações

Dia 8- Paula Rego, Conta-me uma história, criar histórias

Dia 9- Armanda Passos, Um pássaro que não me sai da cabeça, o real e o imaginário

Dia 10- Maria Keil, Padrões ilustrados, composições e repetições gráficas