Coimbra  24 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Carnaval da Cáritas volta a invadir as ruas da “Baixa”

4 de Março 2019

As cerca de 1 200 crianças e jovens da Cáritas Diocesana de Coimbra voltam, hoje, a invadir as ruas da “Baixa” para o seu já tradicional cortejo de Carnaval.

Encarnando os grandes “Ícones da História e Educação”, os frequentadores dos diversos Centros de Actividades de Tempos Livres (CATL) da Cáritas de Coimbra voltam a sair à rua para brincar ao Carnaval, com o corso a ter início pelas 11h00.

Amália Rodrigues, Luís de Camões, Neil Armstrong, a Padeira de Aljubarrota, o Infante D. Henrique ou, até mesmo, a famosa Cindazunda, todos vão passar pelas ruas do centro histórico de Coimbra, partindo do largo da Portagem, o percurso segue depois pela rua de Ferreira Borges e

Visconde da Luz, praça de 08 de Maio, rua da Louça, Gala e Padeiras; passa pela avenida de Fernão

de Magalhães, rua da Sota, largo da Portagem novamente, ponte de Santa Clara, avenida de Conímbriga, desembocando na rua de Luís António Verney.

O cortejo termina na Escola Silva Gaio, onde decorrerá o almoço e uma tarde recreativa, com a iniciativa “Nasci para a Música”, que promete ir ao encontro das diferente faixas etárias dos utentes. “Será um espaço onde os jovens com talento musical, instrumental ou voz, o podem apresentar à comunidade CATL da Cáritas de Coimbra”, explica a instituição, adiantando que segue-se, depois, “um concerto de música ao vivo, com uma banda que promete interpretar os êxitos da actualidade, bem conhecidos dos mais novos, e que encherá o pavilhão de ritmo, dança e muita animação”.

No espaço haverá, ainda, os habituais insufláveis.

As actividades carnavalescas deste ano foram orientadas pelo Projecto Educativo “Nasci para Ser+”, que tem como foco as crianças e jovens, e “assume um papel determinante na articulação e participação comunitária, visando a realização de actividades e desafios que permitam o crescimento dos utentes, ocupando assim utilmente os seus tempos livres”, esclarece a Cáritas.

O próprio tema do Carnaval, este ano, foi escolhido no âmbito deste projecto educativo e “visa responder às exigências de uma educação potenciadora de um desenvolvimento integral das crianças e dos jovens”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com