Coimbra  26 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Carlos Cortes disse que os cuidados em relação à covid-19 devem ser redobrados

10 de Setembro 2020 Jornal Campeão: Carlos Cortes disse que os cuidados em relação à covid-19 devem ser redobrados

A Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), em colaboração com a Câmara Municipal de Arganil, realizou esta quinta-feira (10), na feira semanal de Arganil, mais uma acção de sensibilização no âmbito da campanha “#Respeito pela Vida”.

“Temos de ter cuidados redobrados nesta fase sensível, tendo em conta o regresso às aulas e o regresso à actividade laboral após as férias”, assinalou Carlos Cortes, após esta acção e em jeito de balanço.

A equipa de voluntários partilhou com a população as recomendações da Direcção-Geral da Saúde (DGS) relativas às boas práticas de saúde pública e à adopção de comportamentos seguros para combater a covid-19, neste caso em particular no contexto de contacto com os feirantes e os seus clientes, de modo a realizar as vendas/compras em segurança.

Sendo a feira o momento habitual de reencontro dos habitantes mais idosos que vivem nas aldeias dispersas deste concelho, a equipa de voluntários teve também oportunidade de sensibilizar esta população de maior risco.

Luís Paulo Costa, presidente da Câmara Municipal de Arganil, e Carlos Cortes, presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, participaram nesta iniciativa.

Da comitiva fizeram ainda parte António Queimadela, coordenador de Saúde Pública do Agrupamento de Centros de Saúde Pinhal Interior Norte (ACeS PIN); Avelino Pedroso, director Executivo do ACeS PIN; Paula Dinis, vice-presidente da Câmara Municipal de Arganil; e Érica Castanheira, vereadora da Câmara Municipal Arganil.

O presidente da SRCOM aproveitou a oportunidade para destacar a importância desta iniciativa para “relembrar os cuidados e os gestos essenciais para o combate ao vírus na nossa vida quotidiana”, reforçando, pois, a ideia do cumprimento das medidas recomendadas para a prevenção da covid-19, nomeadamente a utilização adequada das máscaras, a higienização das mãos, o distanciamento físico e a etiqueta respiratória ao tossir e espirrar. “Dependemos todos uns dos outros, é muito importante assumirmos esta atitude pedagógica para ajudar, colectivamente, a combater o vírus”, enfatizou Carlos Cortes.