Coimbra  27 de Janeiro de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cáritas Coimbra concluiu 2.ª fase de instalação do sistema tecnológico

4 de Dezembro 2021 Jornal Campeão: Cáritas Coimbra concluiu 2.ª fase de instalação do sistema tecnológico

A Cáritas Diocesana de Coimbra concluiu a 2.ª fase de validação da tecnologia de inteligência artificial dedicada à monitorização e melhoria do bem-estar dos colaboradores com mais de 55 anos.

A acção surge no âmbito do projecto europeu SmartWork (financiado pelo Programa Horizonte 2020), está a ser implementada, desde Junho de 2021.

Este piloto está a decorrer em Portugal e na Dinamarca, envolvendo a participação total de 60 colaboradores com mais de 55 anos, bem de alguns dos seus familiares e responsáveis de serviço. No caso da Cáritas Diocesana de Coimbra, além das diversas valências com intervenção na área da Educação e Tempos Livres, Idosos, Inclusão Social, serviços centrais, entre outros, o piloto português conta ainda com a participação do professor Doutor Manuel Antunes, presidente da Direcção.

Estes pilotos surgem na sequência do pré-piloto implementado em 2020 na Cáritas Coimbra, visando agora avaliar a usabilidade e a eficácia da versão actualizada do sistema SmartWork, na perspectiva dos seus utilizadores finais. Através da instalação de serviços e dispositivos no respectivo computador e/ou telemóvel de serviço, os colaboradores podem aceder a alguns parâmetros fisiológicos (ex.: número diário de passos dados, frequência dos batimentos cardíacos, qualidade do sono, resposta galvânica da pele, etc). Podem ainda interagir com uma assistente virtual, de quem recebem sugestões e recomendações personalizadas, potenciadoras da melhoria do seu estilo de vida e redutoras dos seus riscos de saúde, dentro e fora do contexto de trabalho. Além destas funcionalidades, outras têm sido igualmente disponibilizadas aos participantes (ex.: medida da qualidade do ar, do nível de ruído ou do grau de conforto térmico do espaço de trabalho, possibilidade de aumentar carateres e ícones, de solicitar a leitura de texto por alta voz ou de implementar outros ajustes personalizados ao ecrã).

Esta nova versão do sistema pretende apoiar, não só a gestão da eficiência e da produtividade das equipas por parte dos seus responsáveis, mas também os familiares próximos destes colaboradores, nas suas tarefas e preocupações de cuidado informal.

Esta iniciativa conta ainda com o apoio directo do Laboratório de Automática e Sistemas (LAS) do Instituto Pedro Nunes (IPN), parceiro tecnológico do consórcio com um papel crucial na implementação da solução SmartWork, particularmente no caso do piloto português.