Coimbra  24 de Julho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede tem em funcionamento Biblioteca da Praia da Tocha

9 de Julho 2021 Jornal Campeão: Cantanhede tem em funcionamento Biblioteca da Praia da Tocha

A Biblioteca da Praia da Tocha, no concelho de Cantanhede, está a funcionar desde 19 de Junho, oferecendo à população local e aos veraneantes um variado leque de produtos culturais durante o Verão.

O serviço está a funcionar no habitual imóvel, especialmente concebido para cumprir funções de índole cultural direccionadas para diferentes tipos de público.

Segundo a Câmara Municipal de Cantanhede, “o espaço dispõe de excelentes condições para responder às solicitações dos utentes, nomeadamente de espaços adequados nas valências de serviço de leitura, consulta de jornais, internet, jogos pedagógicos e audiovisuais, proporcionando a quem frequenta a Praia da Tocha a possibilidade de tirar o melhor proveito possível do tempo de lazer com o acesso a literatura e ao contacto diário com os meios de comunicação social”.

Esta valência da Biblioteca Municipal de Cantanhede tem contribuído também para divulgar a “missão da Biblioteca de Leitura Pública na sociedade actual, reforçado o seu importante papel como veículo de cultura, desenvolvimento pessoal e também de lazer e fomentando junto dos seus utentes o gosto pela leitura e o apreço pelo livro”, acrescentou a autarquia.

À semelhança dos últimos anos, a Biblioteca de Praia estará a funcionar até 12 de Setembro, inclusive, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

De referir que em 2019, ano anterior à pandemia, esta valência cultural registou a visita de sete mil utilizadores, incluindo-se neste número os utentes que fizeram a requisição de livros (infantis, juvenis e de adultos) ou usufruíram da consulta de jornais, revistas e internet, visualização de películas cinematográficas ou mesmo de jogos pedagógicos e infantis, disponibilizadas para todas as crianças e jovens.

Inaugurado 1 de Julho de 2008, o edifício de madeira tem nas suas estantes interiores um significativo acervo bibliográfico constituído sobretudo por obras de ficção e várias colecções de literatura infantil e juvenil, que podem ser requisitadas pelo prazo máximo 15 dias. Para consulta no local, estão disponíveis jornais diários e diversas revistas periódicas, bem como um computador com ligação à internet, cuja utilização, limitada a períodos de trinta minutos, está sujeita a marcação prévia. Como apoio do serviço de leitura local, existe no exterior uma esplanada com cadeiras e mesas que permitem a acomodação de quinze pessoas sentadas.

Este ano, devido face da situação pandémica, os utilizadores desta unidade documental têm de utilizar máscara individual, higienizar as mãos à entrada e manusear os documentos expostos com luvas descartáveis, disponibilizadas pelo serviço.