Coimbra  19 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede reúne-se para celebrar o seu feriado e inaugurar a Expofacic

25 de Julho 2019

O dia 25 de Julho é, tradicionalmente, de festa para Cantanhede e os seus cidadãos, mas este ano tem um sabor especial, já que o Dia da Cidade coincide com a inauguração da sua maior realização anual: a Expofacic.

O feriado municipal assinala-se, como habitualmente, com a sessão solene, a decorrer da parte da manhã, no salão nobre da Câmara Municipal de Cantanhede.

Durante a cerimónia haverá tempo para os discursos tradicionais das várias personalidades e entidades do concelho, bem como para as homenagens já habituais nesta altura.

Segundo a autarquia, serão homenageadas com votos de louvor seis entidades e 11 cidadãos, naturais ou não de Cantanhede, que de alguma forma “ se notabilizaram a nível profissional, social, cívico, cultural ou artístico”. São eles: Associação Empresarial de Cantanhede e a AD ELO – Associação de Desenvolvimento Local da Bairrada e Mondego; ETPC– Escola Técnico-Profissional de Cantanhede; Escola Pedro Teixeira, ACAP – Associação Cívica dos Amigos da Pocariça; ACDC – Associação Cultural e Desportiva do Casal; Centro Equestre de S. Caetano; PRODEMA – Progresso e Desenvolvimento de Marvão; António Patrocínio Alves; Maria Eugénia de Sousa Teixeira Cruz; Reinaldo Alves de Oliveira; Mário Oliveira Alfaiate; Idílio de Oliveira Freire; Maria Natália Figueiredo Queirós Ferreira Gomes; Nuno Sérgio dos Santos Dias; Regina Maria Póvoa Pessoa Martins; Joaquim Alberto Padilha de Oliveira; Joaquim Batista Carvalho.

Além disso, os funcionários que cumpriram 25 anos ao serviço da Câmara Municipal serão, igualmente, reconhecidos: Adélia Gonçalves Mendes, Emília Jesus Ramos Pimentel, Cecília Maria Fernandes Batista, Maria de Fátima Mendes e Cassilda Freitas Ventura.

Após paragem para almoço, as comemorações continuam, às 17h00, com a inauguração oficial da 29.ª edição da Expofacic. A ter lugar na entrada principal do recinto, a Comissão Organizadora esperará a presença do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel João de Freitas, para o “corte da fita” e inauguração do certame.

Também no recinto da feira haverá lugar a discursos, aos quais se segue a tradicional visita pelas centenas de expositores e pelas diversas áreas que compõem a Expofacic, numa tentativa de dar a conhecer ao governante o que é e de que é feita a Expofacic.

A visita oficial termina já à hora de jantar, perto do local propício para isso: a zona gastronómica.

A Câmara Municipal confirma que endereça, todos os anos, convites ao primeiro-ministro, aos líderes dos diversos partidos políticos e, também, ao Presidente da República, que, no ano passado, foi a figura de destaque na inauguração do certame.

Helena Teodósio, presidente da Câmara, espera que, embora António Costa já tenha declinado o convite, fazendo-se representar pelo secretário de Estado, os restantes representantes dos partidos políticos possam visitar a “feira-festa” durante os próximos 11 dias.

Expofacic continua a reinventar-se e a inovar a cada edição

Nem sempre teve o peso, a notoriedade e o reconhecimento que hoje tem, mas a Expofacic é, actualmente, uma das maiores e melhores feiras a nível nacional e, até, da Península Ibérica.

O crescimento sustentado ao longo dos últimos 29 anos, com uma capacidade de inovação, de se reinventar a cada edição e de atrair públicos e empresas, fez desta “feira-festa” o certame de eleição para estabelecer contactos, desenvolver negócios, conhecer as iguarias gastronómicas da região, visitar exposições únicas e especiais e entreter os milhares de visitantes com a melhor música, comprovando, todos os anos, o lema: “Mil motivos, um destino”.

À beira de celebrar 30 anos, a Expofacic regressa a Cantanhede e ao Parque Expo-Desportivo de São Mateus, entre hoje e dia 04 de Agosto (domingo) para mais uma edição recheada de novidades e com boas perspectivas.

Num espaço com mais de 95 000 metros quadrados, estarão instalados cerca de 630 espaços de exposição, 68 tasquinhas e stands gastronómicos, além de na área envolvente ao certame existirem, como habitualmente, os 15 parques de estacionamento.

Destaca-se, como sempre, um cartaz musical rico e apelativo para todas as idades e gostos, este ano com particular foco em algumas estreias da música nacional, mas sem esquecer figuras de peso internacionais.

Num panorama nacional em que nem sempre é fácil de se encontrar novas vozes, eis que a Expofacic consegue com que o seu cartaz seja repleto de estreias. Fernando Daniel, Blaya, Bárbara Bandeira, Wet Bed Gang, Matias Damásio, Djodje, Deejay Telio são os estreantes nacionais, mas a nível internacional o certame contará com a estreia no palco principal de Lukas Graham, Emeterians, The Stranglers e Ludmilla. Como repetentes voltam Pedro Abrunhosa, Mariza, Xutos & Pontapés, Richie Campbell, António Zambujo e os Expensive Soul.

Também no palco secundário, a música electrónica volta a ser rainha, com destaque para as actuações dos DJ Kura; Overule; The Fucking Bastards; Sara Santini; Francisco Cunha; Fernando Alvim; Kiss Kiss Bang Bang; Dandy Lisbon; Zinko; Remember Old Times; Rui Vargas e Sousa.

Mas as novidades não se ficam pela música, as maiores surpresas da edição de 2019 são na área cultural e expositiva, bem como a estreia de um novo espaço dedicado ao ‘gaming’.

Na vertente cultural, realça-se a Bienal de Arte e a exposição dedicada ao pintor Mário Silva, mas o grande motivo de atracção será a mostra da Força Aérea Portuguesa, na tenda principal deste sector, que contará com aviões e simuladores em tamanho real.

Também como novidade será a presença de um espaço dedicado ao “European Festival”, junto à área cultural, onde marcarão presença associações de 15 países diferentes, com jovens que vão dinamizar inúmeras actividades.

O recinto acolherá, também, dois desfiles de moda: um de cariz solidário e outro da Miss Queen Portugal, para além dos habituais Dias Temáticos (no total de sete).

Novos espaços e atracções

A Expofacic contará, este ano, com uma nova área, que pretende acompanhar as tendências mais recentes e atrair os mais jovens. Trata-se de um pavilhão dedicado ao ‘gaming’ e ao mundo dos youtubers, com o objectivo de “encontrar novas perspectivas de mercado e novos públicos e introduzindo mais-valias na feira”, explicou Idalécio de Oliveira, presidente da INOVA, acreditando que será um sector “que se irá manter nas próximas edições”.

Outra das novidades no certame é a criação de um novo espaço, junto à já habitual ‘street food’, onde se realizarão provas de vinhos, espumantes e cerveja artesanal.

A área agrícola foi, também, reconfigurada de forma a dar mais mobilidade aos visitantes e proporcionar melhores condições aos animais em exposição.

Ainda no campo das estreias na Expofacic 2019, surge um acampamento medieval, uma forma de proporcionar aos visitantes uma viagem única à Idade Média, através da reconstituição de momentos marcantes na história de Portugal.

O melhor evento de Verão do país”

Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, salientou na apresentação do certame que “a intenção é sempre oferecer algo diferente, daí as propostas destinadas a renovar o interesse de diversos públicos e dar ainda maior expressão ao certame, aumentando por essa via o seu impacto a nível nacional e internacional”.

Tal objectivo foi já reforçado, este ano, com a conquista de dois prémios: o Cinco Estrelas Regiões/2019 e o Iberian Festival Award, que distinguiu a Expofacic como “a Melhor Festividade da Península Ibérica”. Galardões que atestam a qualidade do certame mas que constituem “um desafio à capacidade de se fazer ainda mais e ainda melhor para corresponder às expectativas dos diferentes públicos-alvo”.

Para a autarca cantanhedense, “a Expofacic é um acontecimento marcante na região e no país”, tendo-se já tornado numa “proposta obrigatória em qualquer roteiro de férias da região Centro e até do país”. É, também, por isso já considerada como um “produto turístico bem estruturado e que tem a particularidade de evidenciar o enorme potencial de outros produtos turísticos do concelho e da região, como a gastronomia, a cultura, o património, as tradições locais, o vinho e o enoturismo, entre outros, sem esquecer a forte atractividade dos espectáculos”, salientou Helena Teodósio.

A apoiar o evento está a Turismo do Centro que, na pessoa do seu presidente Pedro Machado, o considerou como “o maior evento de Verão da região Centro e do país”, que é hoje “uma marca e um caso de sucesso e crescimento sustentado”.

O responsável espera, por isso, que cada vez mais “a Expofacic seja uma grande bandeira regional para aumentar a atractividade na região Centro”.

O orçamento da edição 29.ª ficou no 1 600 000 euros, orçamento disponibilizado sem qualquer verba por parte da Câmara Municipal desde há cerca de 10 anos.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com