Coimbra  24 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede promove campanha solidária

10 de Abril 2021 Jornal Campeão: Cantanhede promove campanha solidária

A Câmara Municipal de Cantanhede iniciou, através do Banco de Recursos Colmeia, uma campanha de angariação de bens essenciais para várias famílias do concelho.

A iniciativa é feita no âmbito das comemorações do Dia das Boas Acções 2021, que se assinala domingo (11).

O Banco de Recursos Colmeia, um equipamento social da autarquia, presta apoio a mais de 130 famílias por mês, nomeadamente com a atribuição de géneros alimentares, produtos de higiene, têxteis, vestuário, acessórios, calçado, equipamento doméstico, electrodomésticos, mobiliário, brinquedos, material didáctico, entre muitos outros.

No entanto, de acordo com o Executivo, o Banco “apresenta inúmeras carências particularmente ao nível de móveis e electrodomésticos, não tendo, muitas vezes, capacidade para satisfazer as necessidades de quem recorre a esta resposta social”.

Célia Simões, vereadora da Acção Social e da Saúde, apela “a toda a população”, aproveitando “o Dia das Boas Ações para iniciar uma campanha que se estende a todo o mês de Abril, tendo como principal objectivo sensibilizar a comunidade a doar o que já não necessita e que se encontre em perfeitas condições de ser reutilizado. Este é um gesto tão simples e de enorme generosidade, que contribui para a melhoria das condições de vida de muitas famílias”.

A autarca reforça que “em virtude da crise pandémica, o número de famílias vulneráveis tem vindo gradualmente a crescer, assim como as suas necessidades, algo que o Banco de Recursos Colmeia tem tentado colmatado da melhor forma”, lembrando que o equipamento social “vive única e exclusivamente à base de donativos, daí apelar-se à doação de bens que estejam em bons estado e que possam ser reutilizados, nomeadamente mobiliário, como mesas de cozinha, roupeiro, camas, colchões ou cómodas, assim como electrodomésticos ou cadeira de repouso (rebatível) para uma pessoa sem mobilidade, estas são algumas das lacunas mais prementes da instituição”.

A vereadora salienta ainda que, “além desta vertente social o projecto tem uma vertente ecológica, pois a recuperação, reutilização e reciclagem destes bens permitem uma maior protecção ao meio ambiente”, não terminando sem antes congratular-se com o “regresso dos voluntários já a partir do dia 12 de Abril, principalmente pelo relevante papel que têm desempenham em todo o projecto Banco de Recursos”.

O Dia das Boas Ações (Good Deeds Day) “é um movimento que pretende unir pessoas de todo o mundo que realizam boas acções em benefício da comunidade e do planeta”, disse o Município de Cantanhede.

A iniciativa foi apresentada em 2007 pela empresária e filantropa, Shari Arison, e lançado e organizado por Ruach Tova (NGO), uma parte da TheTed Arison Family Foundation, o braço filantrópico do Grupo Arison. Desde essa data já são mais de 100 os países aderentes.

O projecto Banco de Recursos Colmeia assume-se como uma resposta social solidária dirigida aos sectores mais desfavorecidos da comunidade. É uma loja social que presta um serviço de apoio imediato e directo, dando resposta às necessidades básicas e secundárias das famílias e indivíduos, que se encontram em situação de vulnerabilidade social e/ou económica, visando a promoção da melhoria das suas condições de vida através da atribuição de bens de várias espécies. Surgiu como um complemento da intervenção social do Município de Cantanhede dirigida a cidadãos e famílias, proporcionando o envolvimento da sociedade civil, empresas e cidadãos, na recolha dos bens, promovendo desse modo, competências no âmbito da cidadania, obedecendo à lógica do “dar e receber”.

“Esta iniciativa permite também promover a preservação ambiental, contribuindo para o combate ao desperdício, procedendo ao reaproveitamento de bens e equipamentos, fomentando a economia circular”, disse a autarquia.