Coimbra  3 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede: Município encerrou 2016 sem dívidas a fornecedores

13 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: Cantanhede: Município encerrou 2016 sem dívidas a fornecedores

A Câmara Municipal de Cantanhede anunciou, hoje, que “encerrou as contas de 2016 sem dívidas a fornecedores e com todas as facturas de empreiteiros entradas até 31 de Dezembro liquidadas”.

“Este é um dado importante que pode desde já ser antecipado do relatório de gestão a apresentar no final do primeiro trimestre deste ano, mas há outros elementos igualmente importantes sobre a gestão camarária do último exercício, designadamente a melhoria da eficiência na gestão das operações, traduzida no aumento da poupança, que atingiu a maior expressão de sempre, e a variação, também positiva, da taxa de execução da despesa de capital”, refere o Município.

Segundo a autarquia, “além de evidenciarem a estabilidade da situação da tesouraria, traduzida no cumprimento dos compromissos assumidos dentro dos prazos estabelecidos, os indicadores de 2016 já disponíveis mostram que a despesa corrente foi substancialmente inferior à receita corrente, bem como a concretização da generalidade dos objectivos enunciados no programa de obras e realizações, o que, face à conjuntura desfavorável que se tem vivido, é bastante relevante”.

De acordo com o Município, “quanto à poupança, ela aumentou cinco por cento relativamente ao exercício anterior, tendo atingido o valor recorde de 6 463 824 euros, enquanto a taxa de execução da despesa de capital se situou nos 93,5 por cento, mais 2,5 por cento do que em 2015, o que reflecte a assertividade do planeamento relativamente à variável do investimento”.