Coimbra  16 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede investe na segurança dos peões com mais passadeiras

6 de Fevereiro 2017 Jornal Campeão: Cantanhede investe na segurança dos peões com mais passadeiras

O Município de Cantanhede vai avançar com a criação de passadeiras sobrelevadas nas freguesias de Cadima, Sanguinheira e Cordinhã. O documento de consignação foi assinado, na passada semana, pela vice-presidente da Câmara, Helena Teodósio.

A empreitada, adjudicada por 35 282 euros, faz parte do programa de requalificação da rede viária que a autarquia está a promover, “no âmbito do qual têm vindo a ser realizados diferentes tipos de intervenção, entre os quais a aplicação de novo pavimento em vários troços de estrada e o reforço das condições de segurança para peões, com especial incidência nas zonas urbanas”, revela o Município.

Nesse sentido, serão criadas passadeiras sobrelevadas na estrada municipal 583, em Carreiros (freguesia da Sanguinheira); uma no cruzamento de acesso à A17 em Freches; outra junto à paragem de autocarros; bem como na estrada municipal 586, junto à capela e cruzeiro de Fornos (freguesia de Cadima) e na estrada que liga Murtede a Portunhos (617-1), no troço que atravessa Cordinhã, mais precisamente no entroncamento entre a rua daBarroqueira e a rua das Sortes, na proximidade de Carvalho.

O objetivo da autarquia é “reforçar as condições de segurança dos peões nestes locais onde se regista apreciável movimentação pedonal, através da criação de um mecanismo que comprovadamente condiciona a velocidade de circulação rodoviária”.

Os trabalhos consistem na elevação do pavimento com instalação de blocos de encaixe e a compatibilização da passadeira com a rede de drenagem pluviais, bem como o remate das bermas e a aplicação de sinalização horizontal e vertical.

A intervenção irá permitir diminuir a velocidade dos condutores e aumentar os níveis de segurança de quem circula nas vias e nas zonas contíguas. A elevação da cota da superfície do pavimento numa faixa colocada transversalmente à via é, segundo a Câmara Municipal, “uma das soluções que se tem revelado eficaz para disciplinar o tráfego nas zonas urbanas”.