Coimbra  1 de Dezembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede: Hospital Arcebispo João Crisóstomo retoma cirurgias

15 de Maio 2020 Jornal Campeão: Cantanhede: Hospital Arcebispo João Crisóstomo retoma cirurgias

O Hospital Arcebispo João Crisóstomo (HAJC) anunciou, hoje, que já retomou as consultas externas e que as cirurgias de ambulatório recomeçam na próxima segunda-feira, dia 18.

“Para garantir a segurança de todos, manter-se-à o distanciamento social na instituição, isto é, só será permitida a entrada dos utentes 30 minutos antes dos exames e consultas, não será autorizada a presença de acompanhantes (salvo em situações excepcionais)”, refere a instituição.

Acrescenta-se, ainda, que todos os profissionais do Hospital foram testados e a higienização do espaço foi coordenada pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Cantanhede.

A presidente do Conselho de Directivo do HAJC, Diana Vilela Breda, considera que “esta será uma fase de retoma gradual da actividade para dar resposta às necessidades dos cidadão”, destacando que, no entanto, “é necessário, acima de tudo, garantir a segurança de utentes e profissionais uma vez que que a pandemia se mantém e o risco de infecção é muito real ”.

O Serviço Municipal de Protecção Civil de Cantanhede coordenou, esta semana, a operação de descontaminação do Hospital do Arcebispo João Crisóstomo, em articulação com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra e a Unidade de Emergência de Protecção e Socorro (UEPS) da GNR.

Esta operação havia sido solicitada na última reunião da Comissão Municipal de Protecção Civil pelo Conselho de Administração do Hospital, na pessoa da sua presidente, Diana Breda.

“Na intervenção, o núcleo de matérias perigosas da Unidade de Emergência de Protecção e Socorro (UEPS) da GNR procedeu à descontaminação de cerca de 500 m2 das instalações do Hospital do Arcebispo João Crisóstomo que correspondem à Consulta Externa, localizada agora no edifício do Centro de Saúde de Cantanhede e à Unidade de Cirurgia de Ambulatório, localizada no edifício do hospital”, adiantou Helena Teodósio, presidente da autarquia cantanhedense.

A intervenção foi realizada por militares da Unidade de Emergência de Protecção e Socorro da GNR, altamente especializados em matérias perigosas e agentes NRBQ (nucleares, radiológicos, biológicos e químicos), a qual se tem empenhado diariamente na contenção da pandemia a nível nacional.

Esta medida faz parte dos Planos de Contingência e de retoma da actividade do Hospital Arcebispo João Crisóstomo, de forma a assegurar o acesso seguro dos utentes à unidade hospitalar nas áreas referidas, cujos circuitos foram ajustados para garantir o distanciamento social.

Entre outras medidas adoptadas destaca-se a promoção da consulta através de telefone sempre que a situação clínica o permita. Recomenda-se que os utentes aguardem contacto para agendamento das respectivas consultas e sigam as advertências de segurança na deslocação ao Hospital, como por exemplo a higienização das mãos à entrada e saída do local ou a utilização de máscara durante a permanência nas instalações.