Coimbra  8 de Março de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede distinguiu clube “Os Marialvas” e União Recreativa de Cadima

23 de Outubro 2020 Jornal Campeão: Cantanhede distinguiu clube “Os Marialvas” e União Recreativa de Cadima

O presidente do clube de futebol “Os Marialvas”, Carlos Sérgio Negrão, e o presidente da União Recreativa de Cadima, Valter Santos, foram recebidos por Helena Teodósio, presidente do Município de Cantanhede, para a atribuição dos “Prémios de Mérito Desportivo”.

No encontro participaram, também, Adérito Machado, vereador responsável pelo pelouro do desporto, e Miguel Artur Fernandes, vice-presidente de “Os Marialvas”.

Cada um dos clubes recebeu uma verba que ronda os 5 000 euros, montante que foi apurado em função da pontuação obtida com base em critérios estabelecidos para o efeito, tendo em conta os resultados alcançados na última época desportiva.

A União Recreativa de Cadima atingiu 4 130 pontos pela manutenção das equipas de futebol feminino no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão e no Campeonato Nacional júnior e inferior, pela vitória da Taça Distrital e pelas participações na selecção nacional de sub-19 e na selecção distrital do mesmo escalão.

Já o clube de futebol “Os Marialvas” somou 3 980 pontos por ter assegurado a manutenção das equipas no Campeonato Distrital da 1.ª Divisão sénior, no Campeonato Nacional do escalão de juvenis e no Campeonato Nacional do escalão de iniciados, tendo sido, ainda, pontuado por ter ficado em 1.º lugar na interrupção dos campeonatos distritais do escalão júnior e inferior, bem como pela participação de dois atletas na selecção nacional de iniciados e 13 convocatórias para as selecções distritais dos escalões de formação.

Referindo-se à atribuição destes prémios de mérito, a presidente da Câmara de Cantanhede felicitou “os clubes, os atletas e os treinadores pelo excelente desempenho das equipas nas respectivas competições” e enalteceu “o extraordinário trabalho dos dirigentes, das pessoas extremamente dedicadas e que nunca regateiam esforços ao serviço da promoção do desporto enquanto factor de coesão social das comunidades”.

Helena Teodósio aludiu, ainda, “às circunstâncias particularmente adversas que os clubes enfrentaram na segunda metade da última época desportiva devido à pandemia de covid-19, e que infelizmente se estão a prolongar já nesta, circunstâncias essas que tornam ainda mais meritória a actuação de todos quantos dão o melhor do seu esforço em prol do desenvolvimento do desporto no concelho. Estamos conscientes das dificuldades que os clubes estão a atravessar com todas as restrições e condicionamentos que esta crise de saúde pública está a causar, pelo que vamos continuar a fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para melhorar as condições para a prática desportiva”, afirmou.

A este respeito, a autarca anunciou que irá apresentar na próxima reunião do Executivo camarário a proposta de abertura do concurso para a construção do novo complexo desportivo de Cantanhede, tendo, entretanto, sido adjudicada a vedação do relvado do Parque Expo-Desportivo de S. Mateus, cuja execução será iniciada brevemente.

Quanto ao campo de relva sintética da União Recreativa de Cadima, um investimento efectuado pela Câmara Municipal, Helena Teodósio adiantou que vai disponibilizar mais uma verba para as obras de melhoramento dos balneários, na sequência de outro atribuído recentemente para o mesmo fim.

Por seu lado, os dirigentes do clube de futebol “Os Marialvas” e da União Recreativa de Cadima foram unânimes em considerar o Regulamento de Apoio ao Associativismo Desportivo como uma mais valia, por conferir rigor e transparência à atribuição de subsídios às entidades associativas com actividade neste domínio.