Coimbra  4 de Agosto de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede disponibiliza 600 armadilhas para a vespa asiática

29 de Abril 2021 Jornal Campeão: Cantanhede disponibiliza 600 armadilhas para a vespa asiática

A Câmara Municipal de Cantanhede vai disponibilizar, no âmbito da estratégia delineada para o combate à vespa velutina, vulgarmente conhecida como asiática, 600 armadilhas a apicultores do concelho.

Para além de controlar os ninhos existentes e prevenir a criação e o desenvolvimento de novos, pretende-se minimizar os efeitos negativos que a vespa asiática tem no meio ambiente e na biodiversidade.

Assim, as “armadilhas serão entregues aos apicultores pelas respectivas juntas e uniões das freguesias, que, desde a primeira hora se disponibilizaram a colaborar no desenvolvimento desta acção”, disse a Câmara Municipal de Cantanhede.

Para o efeito, os apicultores interessados deverão estar inscritos na Direcção-Geral de Alimentação e Veterinária e apresentar explorações apícolas activas no concelho, ficando assim, de forma voluntária e responsável, encarregues pela instalação, manutenção, substituição do atractivo e posterior recolha, evitando o seu abandono.

A iniciativa insere-se no estudo que a Protecção Civil Municipal se encontra a desenvolver e que tem por objectivo avaliar a relação entre a colocação de armadilhas para captura das vespas fundadoras e o aparecimento de novos ninhos.

Recorde-se que o Município de Cantanhede tem vindo a desenvolver uma intensa campanha de monitorização e controlo da vespa asiática no concelho, logo que esta praga foi detectada, em 2015, na freguesia de Murtede. Desde essa altura, todos os ninhos identificados, um total de 1074, foram destruídos, dos quais 436 só no último ano. Este número reflecte um crescimento de 12,5% relativamente face ao ano anterior, o que se explica em grande medida pelo efeito das campanhas de sensibilização desencadeadas para mobilizar os munícipes a reportarem rapidamente aos serviços camarários os vespeiros que surjam no território e também pela capacidade de resposta das equipas que procedem à sua destruição.

A sinalização dos vespeiros deve ser comunicada aos serviços da Protecção Civil Municipal de Cantanhede, através do número 231 423 818 (entre as 09h00 e as 17h00 de segunda a sexta-feira) ou através dos endereços geral@cm-cantanhede.pt e protecao.civil@cm-cantanhede.pt.