Coimbra  13 de Agosto de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cantanhede antecipa pagamentos a empresas e assegura refeições

19 de Março 2020 Jornal Campeão: Cantanhede antecipa pagamentos a empresas e assegura refeições

A Câmara Municipal de Cantanhede decidiu antecipar o pagamento dos bens adquiridos e dos serviços executados para a autarquia, bem como assegurará as refeições a alunos carenciados.

O Município irá avançar “de imediato com a liquidação das facturas independentemente dos prazos contratualizados”, revelou, hoje, a presidente da autarquia, Helena Teodósio, destinando-se esta medida a “diluir o impacto do surto de coronavírus nos agentes económicos, também eles confrontados com a necessidade de reduzirem a força de trabalho e, em função disso, a sua actividade, com todas as consequências que isso acarreta do ponto de vista económico e financeiro”.

Manifestando-se “bem consciente da gravidade dessas consequências”, a líder do Executivo camarário refere que “embora esta medida não seja certamente a solução para todos os problemas que se adivinham para as empresas, servirá pelo menos para ajudar algumas a enfrentarem este período inesperadamente difícil que estamos a viver”.

Segundo a autarca, “a antecipação dos pagamentos é perfeitamente acomodável na gestão da tesouraria da Câmara Municipal. Felizmente temos boa margem para isso, a única dificuldade reside no facto de nesta altura os serviços financeiros estarem com bastante menos gente para agilizarmos a tramitação processual inerente aos pagamentos, sendo certo que isso está a ser feito com a maior celeridade possível”.

Por outro lado, Helena Teodósio adianta que, além das acções preventivas para mitigar a propagação do coronavírus, o executivo camarário tem-se concentrado em implementar medidas para mitigar também os efeitos da epidemia na vida da comunidade.

Uma dessas medidas que está já a ser desenvolvida pela Câmara Municipal em articulação com os agrupamentos de escolas, consiste em assegurar o fornecimento de refeições a alunos beneficiários de apoio social integrados no escalão A e cujas famílias tenham manifestado essa necessidade.

“O objectivo é proceder à entrega domiciliária dessas refeições, no sentido garantir a prevenção face aos riscos a que as crianças de outro modo ficariam expostas, providenciando-lhes assim alimentação nesta fase de maiores dificuldades para os seus agregados familiares”, esclarece a Câmara.

A esta iniciativa segue-se uma outra de carácter social “orientada para o apoio aos idosos que precisam de ficar em isolamento, muito particularmente os que não dispõem de suporte familiar, para os quais foi criada uma resposta para assegurar o transporte de medicamentos, alimentos e outros produtos de primeira necessidade”.

Na página da Internet da autarquia, a autarca congratula-se com “o facto de a população do concelho de Cantanhede estar a agir em conformidade com as recomendações das autoridades de saúde”.

A presidente da Câmara de Cantanhede diz acreditar que “será superado este sobressalto que mantém a nossa vida um pouco em suspenso por um certo período, confiando que no final vamos todos ficar mais fortes e mais unidos em torno daquilo que é verdadeiramente importante para o futuro das nossas famílias e da nossa comunidade”.