Coimbra  20 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Canoagem: Montemor-o-Velho dá as boas-vindas ao Campeonato do Mundo

21 de Agosto 2018 Jornal Campeão: Canoagem: Montemor-o-Velho dá as boas-vindas ao Campeonato do Mundo

Entre amanhã (dia 22) e domingo, Montemor-o-Velho recebe o Campeonato do Mundo de Velocidade de Canoagem e Paracanoagem, uma das mais importantes provas desportivas realizadas em território nacional no ano de 2018.

“É com grande orgulho que recebemos este Campeonato do Mundo em Montemor-o-Velho e que só é possível devido à parceria temos com a Federação Portuguesa de Canoagem”, referiu José Veríssimo, vice-presidente da Câmara Municipal, no decorrer da sessão de apresentação.

Ao lembrar os esforços feitos pelas duas instituições, José Veríssimo mostrou-se confiante no sucesso do evento desportivo e aproveitou para desejar os maiores sucessos aos atletas que “tão bem têm representado a Selecção Nacional, assim como Montemor-o-Velho”.

De igual modo, Vítor Félix, presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, disse: “Neste momento, a canoagem tem duas grandes imagens de marca – os resultados desportivos dos atletas e a organização de grandes eventos internacionais”.

Ao referir que “é a primeira vez que Portugal vai organizar um campeonato do mundo de seniores”, o dirigente avançou que a competição vai reunir 1 700 atletas, em representação de 70 países, que vai contar com a colaboração de cerca de 300 trabalhadores e voluntários, e que devem ser servidas mais de 15 000 refeições.

“Escolhemos este cenário para que seja possível ter uma imagem do principal investimento feito em parceira entre a Federação Portuguesa de Canoagem e o Município de Montemor-o-Velho”, reforçou.

Antes da apresentação individual dos 38 atletas que compõem a equipa nacional – 33 na velocidade e cinco na paracanoagem – Ricardo Machado, vice-presidente da federação e coordenador do evento, referiu: “Esta será uma das maiores delegações de sempre. Temos atletas muito jovens e atletas experientes em competições internacionais. Temos um misto entre a competência que a modalidade tem demonstrado e o seu futuro”.

A par do reconhecimento público a Ricardo Machado, por parte de Vítor Félix, pelo trabalho feito na coordenação dos mundiais e no alto rendimento, no final da sessão, o adjunto do presidente da Câmara Municipal, Rui Santos, entregou aos atletas uma lembrança feita pelo artesão pereirense Arnaldo Nobre.

Maior Selecção

O canoísta Fernando Pimenta é a grande figura da selecção que vai competir em Montemor-o-Velho nos primeiros mundiais absolutos organizados pela federação portuguesa.

O tricampeão da Europa de K1 1000 e vice-campeão olímpico em Londres 2012 em K2 1000, com Emanuel Silva, procura em casa um inédito título mundial na distância predilecta, os 1 000 metros, depois de já ter conseguido o ouro nos 5 000, que não integram o programa olímpico.

Em mundiais, Pimenta tem o terceiro lugar em 2015 em Milão, Itália, e a medalha de prata em Racice, República Checa, em 2017: em Montemor-o-Velho, o canoísta do Benfica vai fazer as duas distâncias, K1 1 000 e 5 000.

Aquela que é uma das maiores selecções de canoagem de sempre, com 33 atletas na velocidade mais cinco na paracanoagem, além de nove elementos entre equipa técnica e médica, integra 12 canoístas enquadrados no projecto olímpico Tóquio 2020.

Emanuel Silva, João Ribeiro, David Fernandes, Hélder Silva, Teresa Portela, Joana Vasconcelos e Francisca Laia são alguns dos atletas de elite e olímpicos que vão competir no Centro de Alto Rendimento (CAR) de Montemor-o-Velho, palco do evento.

No sector feminino, destaque para Teresa Portela e Joana Vasconcelos, que nos Europeus de Belgrado, em Junho, conquistaram o ouro em K2 200 – agora vão unir-se no K2 500 e depois juntam-se a Francisca Laia e Francisca Carvalho no K4 500.

Além destes, Portugal vai competir com uma série de jovens promessas, juniores e sub-23, que vão ter a oportunidade de aferir o seu nível na maior competição do mundo da especialidade.

Selecção de Portugal

1 000 metros

K1 Fernando Pimenta e Mafalda Germano

K2 Bruno Moreira/Fábio Cameira e Sara Sotero/Rita Fernandes

K4 Luís Ferreira/Igor Pinho/João Pereira/Rúben Boas

C1 Fábio Lopes

C2 Bruno Afonso/Marco Apura

500 metros

K1 João Ribeiro e Maria Rei

K2 David Fernandes/Artur Pereira e Teresa Portela/Joana Vasconcelos

K4 Emanuel Silva/João Ribeiro/Messias Baptista/David Varela e Teresa Portela/Joana Vasconcelos/Francisca Laia/ Francisca Carvalho

C1 Hélder Silva e Ana Rodrigues

C2 Bruno Afonso/Marco Apura e Márcia Faria/Beatriz Lamas

200 metros

K1 Hugo Rocha e Márcia Aldeias

K2 Hugo Figueiras/Kevin Santos e Sara Sotero/Inês Costa

C1 Hélder Silva e Márcia Faria

5 000 metros

K1 Fernando Pimenta e Márcia Aldeias

C1 Rui Lacerda e Ana Rodrigues

Paracanoagem

KL1 e VL1 – Floriano Jesus

KL2 e VL2 – Norberto Mourão

KL3 – Francisco Cruz

KL2 – Hugo Costa

KL3 e VL3 – Abraão Vieira.