Coimbra  14 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Candidato a bastonário dos médicos conhece a realidade da região Centro

13 de Dezembro 2016 Jornal Campeão: Candidato a bastonário dos médicos conhece a realidade da região Centro

Miguel Guimarães, candidato a bastonário da Ordem dos Médicos, esteve de visita à região Centro, onde teve oportunidade de visitar centros de saúde e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), além de se reunir com os membros do Conselho Regional do Centro da Ordem dos Médicos.

O candidato anda pelo país em “campanha” e revelou que o que encontrou na região Centro “é um pouco semelhante ao que se encontra na região Norte e na região Sul, contudo, com problemas ligeiramente diferentes, quando se fala, por exemplo, do CHUC”.

O médico defende que a Ordem dos Médicos deve privilegiar “a melhoria dos cuidados de saúde, em termos de acesso, a melhoria relação médico-doente e a informação transmitida aos doentes”, devendo estes profissionais ser “os primeiros provedores do doente, por um lado, e defender os médicos das más práticas e das imposições absurdas a que estão sujeitos e que estão a interferir demasiado naquilo que seria ou devia ser a sua paixão no exercício da Medicina”, salienta.

Para Miguel Guimarães, os pilares da Saúde em Portugal devem ser os “bons médicos” para que consiga ter “um bom Serviço Nacional de Saúde”, algo que a Ordem tem de “preservar a todo o custo”.

A formação médica e qualidade da Medicina; a valorização profissional; solidariedade entre pares; e políticas de saúde que podem interferir com a qualidade da Medicina são outros dos eixos que Miguel Guimarães aborda na sua candidatura.

A visita ficou, ainda, marcada pelas reuniões com a Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar e com a Associação dos Médicos Católicos Portugueses.

O urologista é presidente cessante da Secção Regional do Norte da Ordem.

Além do médico portuense perfilam-se para suceder a José Manuel Silva Álvaro Beleza, João França Gouveia e Jorge Torgal. Beleza foi presidente do Instituto Português do Sangue e Torgal liderou o Infarmed (Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde).