Coimbra  24 de Julho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Campeonato de canoagem regressa este fim-de-semana a Montemor-o-Velho

16 de Julho 2021 Jornal Campeão: Campeonato de canoagem regressa este fim-de-semana a Montemor-o-Velho

O Centro de Alto Rendimento de Montemor-o-Velho recebe, este fim-de-semana, a edição de 2021 do Campeonato Nacional de Canoagem, que conta com um programa competitivo e 216 regatas.

Na competição vão estar presentes 833 canoístas dos escalões seniores, juniores, veteranos e paracanoagem, em representação de 49 clubes.

Segundo a Federação portuguesa de Canoagem (FPC), “o programa de provas é bastante extenso” e tem início marcado para as 09h00 de sábado (17), com a primeira eliminatória de K2 juniores 1 000 metros. Este dia só termina às 19h39, com a realização da segunda semifinal de K1 Seniores Femininos 200 metros.

Já no domingo (18), o calendário competitivo volta a arrancar às 09h00, com a final B de K2 Juniores 1 000 metros. A final A da prova de K1 Seniores Femininos 200 metros encerrará a competição.

Fernando Pimenta, Emanuel Silva, Messias Baptista e David Varela, que têm partida para Tóquio agendada para segunda-feira (19), vão ainda competir em Montemor-o-Velho, “com o objectivo de reforçarem os respectivos medalheiros”, disse a Federação, acrescentando que esta é também uma vontade de Norberto Mourão e Alex Santos, que, em Tóquio 2020, vão estrear a paracanoagem portuguesa em Jogos Paralímpicos.

Em Montemor-o-Velho, a prova de K1 Seniores 500 metros vai contar com Fernando Pimenta, João Ribeiro e Messias Baptista. Os dois últimos canoístas também participarão em K1 Seniores 200 metros, prova na qual David Varela é outro dos competidores. Fernando Pimenta entra, igualmente, em acção em K1 Seniores 1000 metros.

A prova de K4 Seniores 500 metros vai contar com as presenças de Emanuel Silva e David Varela, que, juntamente com Artur Pereira e Kevin Santos, representam o Kayak Clube Castores do Arade. De referir que os paralímpicos Alex Santos (KL1) e Norberto Mourão (VL2) também vão competir na vertente da paracanoagem.

Depois de, no ano passado, a Direcção-Geral da Saúde (DGS) só ter permitido a realização de provas em embarcações monolugares, o Campeonato Nacional de Velocidade de 2021 volta a contar com competição em embarcações de dois e quatro lugares.

A Federação Portuguesa de Canoagem informa que vai utilizar apertadas medidas de segurança, de forma a cumprir todas as recomendações das autoridades de saúde.