Coimbra  20 de Maio de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Campanha “Água é Vida” promove uso eficiente da água em Cantanhede

3 de Setembro 2018

O presidente do Conselho de Administração da INOVA, Idalécio Oliveira, assinou o contrato de financiamento do projecto na presença do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes 

 

A empresa municipal Inova, de Cantanhede, é uma das 22 entidades beneficiárias do concurso nacional “Promover o Uso Eficiente da Água”, do Ministério do Ambiente, colocando agora em prática o projecto “Água é Vida”.

O concurso lançado pelo Governo, no âmbito da Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA 2020) traduz-se num contrato de financiamento para que a Inova desenvolva o seu projecto “Água é Vida”, que assenta “no desenvolvimento de um Centro Interpretativo da Água na captação dos Olhos da Fervença, tendo em vista a realização de actividades pedagógicas e de divulgação de valores ambientais”, revela a autarquia cantanhedense.

O objectivo é “despertar para a mudança de comportamentos e atitudes sobre a água e transmitir conhecimentos para permitir lidar com os desafios de um desenvolvimento sustentável”, numa iniciativa que contempla, ainda, a criação de circuitos para visitas de estudo, entre outros aspectos.

As estações de tratamento de águas residuais de Ançã e Outil também integram o projecto, neste caso para a divulgação sobre o tratamento das águas residuais e sobre a reutilização das águas tratadas em actividades agrícolas.

Este projecto da Inova está, assim, alinhado com a Estratégia Nacional de Educação Ambiental (ENEA 2020) e com os compromissos nacionais e internacionais assumidos por Portugal no domínio da sustentabilidade (Plano de Acção para a Economia Circular, Acordo de Paris e Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030), obtendo o suporte financeiro do Ministério para a realização de diversas acções “destinadas a mobilizar a população e os agentes

económicos do concelho de Cantanhede para o uso eficiente da água, através da adopção de novos hábitos e da alteração de comportamentos, sensibilizando para a importância da gestão dos recursos hídricos numa perspectiva de sustentabilidade”, reforça a Câmara Municipal de Cantanhede.

O contrato de financiamento entre a empresa municipal e o Ministério do Ambiente foi assinado, na semana passada, em Lisboa, pelo presidente do Conselho de Administração da Inova, Idalécio Oliveira, na presença do ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes.