Coimbra  16 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

“Caminhos” é o tema da 21.ª Semana Cultural da UC

21 de Fevereiro 2019

Luís Coutinho, do Santander; o vice-reitor da UC Luís Filipe Menezes e o director do TAGV Fernando Oliveira

 

Durante mais de um mês, entre 01 de Março e 12 de Abril, todos os “Caminhos” vão dar à 21.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra (UC).

O tema desta edição, “Caminhos”, foi inspirado na primeira viagem marítima à volta do mundo, comandada por Fernão de Magalhães, um feito histórico que, em 2019, assinala 500 anos. Mas é, também, como explicou o vice-reitor Luís Filipe Menezes, “uma forma de comemorar os 50 anos dos caminhos de Apollo 11 até à lua ou os 100 anos da confirmação da Teoria da Relatividade”. No logótipo desta Semana Cultural, “a maior do país”, estão, também, espelhados os caminhos do rio Mondego e os seus afluentes.

A 21.ª edição deste evento “muito importante para a comunidade académica, para a cidade e para a Universidade de Coimbra” vai contar com mais de 100 iniciativas, das mais variadas áreas culturais, projectos submetidos através de concurso por diversos agentes da cidade “que se enquadram no tema”, realçou o vice-reitor.

“Esta é uma ‘Semana’ que congrega os esforços de toda a Universidade, desde as suas faculdades até a todas as secções culturais da Associação Académica de Coimbra, onde envolve grande parte dos estudantes, e apadrinhada pelo Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV)”, reiterou Luís Filipe Menezes.

O programa, vasto e que percorre diversos espaços da cidade, em particular o TAGV, foi elaborado “para todos os gostos e idades”, para que “estes caminhos possam ser explorados de uma forma criativa”, afirmou o representante da UC.

Fernando Oliveira, director do TAGV, nota que este “é um momento muito importante para o Teatro, que serve de expansão e alargamento a outras pessoas que normalmente não o frequentam”, apesar de, afirma “promover cerca de 330 eventos por ano”.

A ideia é “acoplar a Semana a um conceito de contemporaneidade e ter abertura para novas linguagens culturais; criar um espaço de diálogo contínuo entre o passado e o presente”, encontrando “respostas nas várias áreas culturais: dança, teatro, poesia, música, performance, etc.”, sublinhou o director do TAGV.

A par do TAGV também outras estruturas ligadas à UC, como é o caso da Casa das Caldeiras ou do Teatro de Paulo Quintela, na Faculdade de Letras, participam nesta grande Semana Cultural, permitindo, com isso “fazer mais e diferente”, realçou.

No total, a Semana Cultural da Universidade vai contar com: 15 exposições; seis instalações artísticas; 11 concertos; quatro espectáculos de dança; oito peças de teatro; dois eventos ligados à poesia; seis sessões de cinema; 37 eventos de divulgação cultural; três actividades lúdicas; um concurso de ideias; um evento gastronómico; quatro lançamentos de publicações; 11 performances e duas iniciativas destinadas ao público infantil.

Como habitualmente, a maioria dos eventos é de entrada livre, à excepção de alguns que terão entrada paga e diversos preços para público em geral e comunidade académica.

Para o vice-reitor, esta Semana constitui-se como uma oportunidade de “a cidade e a UC darem as mãos, já que pela dimensão que o evento assumiu poderá ser importante para a candidatura de Coimbra a capital europeia da Cultura 2027”.

A 21.ª edição desta iniciativa conta com um orçamento de cerca de 60 000 euros (menos 40 000 do que na edição passada), sendo que esta “não é uma gestão fácil de fazer porque a Semana tem já uma dimensão considerável”, salientou Luís Filipe Menezes, adiantando, contudo, que a iniciativa volta a ter como principal mecenas o banco Santander.

 

Destaques da Semana Cultural

  • 01 de Março – 729 anos da Universidade de Coimbra
    • Concerto de Abertura com a Orquestra Académica da Universidade de Coimbra (TAGV)
  • 12 de Março
    • Gala Solidária com Raquel Ralha & Pedro Renato + Jigsaw (TAGV)
      • A receita do concerto reverte a favor da Associação Recriar Caminhos
  • 14 de Março
    • Ocupação Literária “Desviagem” – Performance (Bazófias)
  • 27 de Março
    • Dia Mundial do Teatro – “Veneno”, com Albano Jerónimo (TAGV) – neste dia haverá actividades ininterruptas no TAGV entre as 11h00 e as 01h00
  • 06 de Abril
    • Espectáculo de poesia/Exposição sonora – “Circum (Toc)Arte – Colégio das Artes
  • 12 de Abril
    • Espectáculo de encerramento “Odeio este tempo detergente” (TAGV), com Ana Nave e Maria João Luís
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com