Coimbra  21 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara Municipal de Coimbra vai apoiar ANAI com 12 mil euros

18 de Fevereiro 2024 Jornal Campeão: Câmara Municipal de Coimbra vai apoiar ANAI com 12 mil euros

O Executivo vai deliberar, na reunião de amanhã, dia 19 de Fevereiro, o apoio de 12 mil euros à Associação Nacional de Apoio ao Idoso (ANAI) para a prossecução das actividades da Universidade do Tempo Livre. A associação procura instalações definitivas para o desenvolvimento das suas actividades que decorrem, temporariamente, na Rua Pedro Monteiro.

A ANAI foi constituída a 12 de Julho de 1994, como Associação de Direito Privado e de Solidariedade Social sem Fins Lucrativos, tendo adquirido o estatuto jurídico de Instituição Particular de Solidariedade Social e, consequentemente, sido reconhecida como Pessoa Colectiva de Utilidade Pública. Neste momento, procura instalações para desenvolver as suas actividades, que decorrem na Rua Pedro Monteiro. Este apoio vai, assim, permitir “fazer face aos encargos adicionais que irá registar com a aquisição de um imóvel, uma vez que ocorreu a denúncia de Contrato de Arrendamento celebrado entre o Município de Coimbra e A Previdência Portuguesa [das instalações da Rua Pedro Monteiro], sem que se tenha verificado quaisquer factos imputáveis à ANAI, bem como ao Município de Coimbra”, explica a informação municipal.

Entre as diversas actividades da ANAI, destaque para a Universidade do Tempo Livre, que tem como objectivo proporcionar aprendizagens ao longo da vida, contribuindo para o bem-estar dos utentes, através da criação de espaços de convívio que promovam a socialização, o saber e a cultura. No ano lectivo de2023/2024 conta com 193 alunos inscritos.

A ANAI desenvolve, também, a “Oficina do Idoso”, uma ocupação dos tempos livres da pessoa idosa, que procura assegurar o bem-estar e a qualidade de vida, contribuir para a preservação do património cultural, artístico e profissional, criar momentos de convívio intergeracional e partilha de saberes e experiência e promover o intercâmbio entre diferentes gerações. De salientar, ainda, o Observatório Social do Idoso, que tem o objectivo de promover a criação de uma base de dados que agregue elementos relativos às estruturas dos serviços de proximidade.

Entre outros serviços, a ANAI coloca ao dispor um Banco de Ajudas Técnicas, em funcionamento no equipamento social “Oficina do Idoso”, com o objectivo de melhorar o bem-estar da pessoa idosa, através da disponibilização de equipamentos e de materiais, tais como camas articuladas, cadeiras de rodas, andarilhos e canadianas.