Coimbra  24 de Julho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara já tem anteprojecto para requalificar Centro Escolar de Eiras

11 de Julho 2021 Jornal Campeão: Câmara já tem anteprojecto para requalificar Centro Escolar de Eiras

O Executivo da Câmara Municipal (CM) de Coimbra vai analisar e votar, na sua reunião de segunda-feira, uma proposta de anteprojecto de arquitectura para a requalificação do Centro Escolar de Eiras, que inclui escola básica do 1.º ciclo e jardim de infância. O objectivo passa por melhorar as condições da escola, a sua funcionalidade e o conforto térmico, ampliar o edifício, assegurar a acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida e requalificar os espaços exteriores, numa intervenção que deverá representar um investimento municipal de 650 000 euros. Nos últimos anos, a autarquia já interveio melhorando 12 estabelecimentos de ensino, estando em curso procedimentos para requalificar mais três escolas.

A CM de Coimbra pretende requalificar o Centro Escolar de Eiras. A escola funciona num edifício com projecto de construção do Plano dos Centenários, levado a cabo pelo Estado Novo em Portugal, nas décadas 40, 50 e 60 do século XX, tendo dois pisos, quatro salas de aula e duas entradas com duas caixas de escada que correspondiam no passado às entradas de meninos e meninas.

A intervenção na escola passa, essencialmente, por eliminar o pré-fabricado onde funciona a biblioteca e integrá-la no interior do edifício; assegurar a acessibilidade de pessoas com mobilidade reduzida; melhorar a funcionalidade da escola e assegurar o rigor sanitário no refeitório; e melhorar os espaços exteriores.

Na escola está prevista também a ampliação e requalificação geral do edifício, construindo um piso sobre o telheiro posterior. Os espaços correspondentes a uma caixa de escadas, que será eliminada, serão reconvertidos em gabinetes, com as funções que se entenderem necessárias, como seja área de trabalhos manuais, gabinete de apoio ou sala de professores.

No piso superior, a que se acede pela caixa de escada e corredor de distribuição, vai situar-se, na nova área a construir, uma nova sala de aula e ainda espaços para casos específicos de ensino e arrumos. No piso térreo vai situar-se uma sala de aula acessível, as instalações sanitárias, a biblioteca passa a ocupar o espaço de uma antiga sala de aula, e o refeitório/sala polivalente será ampliado.

O telheiro lateral vai passar a ter acesso interior a partir do hall da caixa de escada, para uma maior funcionalidade e distribuição das crianças durante o tempo de recreio, limitando o atravessamento dos espaços e concretamente do refeitório. Este espaço vai ser complementado com telas verticais de enrolar em lona para assegurar um melhor conforto em dias de chuva e permitir acolher as aulas de educação física em segurança.

No espaço destinado ao jardim de infância a intervenção vai centrar se na demolição da copa existente e instalação de uma nova copa anexa à sala polivalente.

Relativamente aos arranjos exteriores, o acesso principal ao recinto escolar é feito através de quatro degraus e directamente desde o arruamento uma vez que não existe passeio na frente do lote. O projecto prevê a demolição do muro baixo de pedra que faz a vedação e a sua reconstrução, recuado 1.40m, para definição do passeio e utilização de guarda de segurança nas entradas.

Estão ainda previstas intervenções no sentido de aumentar a segurança e tornar o acesso ao topo superior Norte do recinto (onde funciona o jardim de infância) mais facilitado, por meio de pequenos grupos de degraus e rampas para funcionar como alternativa à escadaria sem patamar. No espaço deixado vago pela remoção do pré-fabricado prevê-se introduzir algumas espécies vegetais e elementos de brincar como sejam troncos e estruturas recicladas, estimulantes da criatividade das crianças e da sua psicomotricidade. Genericamente todo o espaço será objecto de restauro e melhoramentos incluindo revisão de rede de vedação e pintura de muros.

Recorde-se que recentemente a Câmara de Coimbra já requalificou diversos estabelecimentos de ensino. Para além de estar a desenvolver um projecto para requalificar e ampliar a EB1 de Eiras, a autarquia requalificou, designadamente, a EB1 Almas de Freire, o novo Centro Escolar do Loreto e a EB1 Bairro Norton de Matos, tem em curso a requalificação da EB1 de Antuzede e brevemente terão início as obras de requalificação da EB1 da Solum (Anexas). Em curso estão os procedimentos de contratação pública com vista à construção de um novo Centro Escolar em Cernache. Este mês, foram também concluídas todas as empreitadas de retirada do fibrocimento com amianto das escolas básicas Eugénio de Castro, de Taveiro, de Ceira, de Trouxemil, de S. Silvestre, da escola secundária Jaime Cortesão e dos Jardins de Infância de Brasfemes e da Solum.