Coimbra  19 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Miranda do Corvo recupera verba de 142 mil euros perdida em burla

11 de Março 2024 Jornal Campeão: Câmara de Miranda do Corvo recupera verba de 142 mil euros perdida em burla

O Município de Miranda do Corvo recuperou na totalidade uma verba superior a 142 mil euros que tinha perdido na sequência de uma burla informática, anunciou a Câmara.

O Tribunal Judicial da Comarca de Coimbra “ordenou a apreensão do saldo bancário no exacto valor [de 142.251,82 euros] que havia sido transferido pela Câmara”, tendo determinado “a sua devolução à conta bancária de origem”, cujo titular é o Município, que divulgou a decisão judicial.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara, Miguel Baptista, congratulou-se “com a celeridade com foi feita justiça”, reconhecendo o trabalho realizado pelas entidades competentes: Polícia Judiciária, Ministério Público e Tribunal Judicial de Coimbra.

No dia 27 de Julho de 2023, a Câmara de Miranda do Corvo “tomou conhecimento de que teria sido objecto de burla, com a recepção de um ‘e-mail’, que havia previamente sido criado [por quem praticou o “crime de burla e falsidade informática”] para se fazer passar por representante de uma entidade com a qual o Município tinha um contrato de prestação de serviços, remetendo um novo IBAN para pagamento”.

“Nesse mesmo dia foi efectuada perante a autoridade judiciária a competente queixa-crime pelo presidente da Câmara Municipal”, segundo a autarquia.

Foi solicitado nos autos que, “caso a verba transferida (…) para a conta com o IBAN fraudulento tivesse dotação suficiente”, o valor enviado fosse devolvido.

A queixa foi formalizada em 27 de Julho de 2023, tendo a decisão judicial sido tomada meio ano depois, em Janeiro, e agora divulgada pela autarquia.