Coimbra  16 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra volta a apostar nas visitas guiadas

3 de Janeiro 2018

No seguimento do sucesso alcançado com as visitas guiadas durante o ano de 2017, a Câmara Municipal de Coimbra volta a promover a iniciativa, apostando em temas diversos e em monumentos emblemáticos da cidade.

A história, cultura e tradições locais são, assim, passadas aos participantes, nas várias sessões que terão lugar este mês de Janeiro.

  • Amanhã (04) – 15h00

“Adorar o Menino” – Visita guiada a alguns presépios que são organizados em vários locais da “Baixa” de Coimbra.

 

  • Dia 11 – 15h00

“Uma Cidade Três Santos” – Visita guiada no Mosteiro de Santa Cruz, centralizada na vida e obra de São Teotónio, Santo António e Rainha Santa Isabel relacionando-a com esta casa monástica e com a cidade de Coimbra.

Local de encontro: em frente à Câmara Municipal de Coimbra (custo: um euro)

 

  • Dia 16 – 15h00

“Mosteiro de Santa Maria de Celas” – Visita guiada aos espaços monásticos (parlatório, igreja, sacristia, coro, sala do capítulo e claustro) focando a criação e a evolução desta casa monástica e seu burgo, desde a sua fundação até à actualidade, interligando-a com aspectos religiosos, com o nascimento da ordem, com a reforma e espiritualidade cistercienses.

Local de encontro: adro do Mosteiro de Santa Maria de Celas (custo: um euro)

 

  • Dia 25 – 15h00

“Santo António” – Visita guiada à Igreja de Santo António dos Olivais, que pretende sensibilizar o visitante para a vida, a obra e para o legado material e espiritual desta personalidade ímpar da história religiosa europeia da Idade Média.

 

  • Dia 30 – 15h00

“De Colégio a Tribunal” – O Município de Coimbra associa-se às comemorações do centenário do Tribunal da Relação realizando um conjunto de visitas guiadas a este espaço arquitectónico, dando a conhecer as suas origens, evoluções e funções actuais.

Local de encontro: em frente à Câmara Municipal de Coimbra (máximo de 15 participantes)

 

As visitas guiadas realizam-se com um mínimo de 10 pessoas e um máximo de 30 (salvo excepções indicadas).

Os interessados devem fazer a sua inscrição, vi telefónica ou presencial, na Casa Aninhas ou na Casa Municipal da Cultura, sendo que as entradas pagas são da responsabilidade dos participantes.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com