Coimbra  27 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra vai relançar Ecovia e criar parques de estacionamento periféricos

8 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra vai relançar Ecovia e criar parques de estacionamento periféricos

O executivo da CM Coimbra vai analisar e votar, na reunião de amanhã (09), a localização de seis parques de estacionamento periféricos que vão servir o relançamento da Ecovia.

Estes parques vão localizar-se junto às principais vias de acesso da cidade, de forma a abranger a maioria dos movimentos pendulares, designadamente: o subterrâneo na Praça Heróis do Ultramar; no Vale das Flores, junto à Oficina Municipal de Teatro; na margem direita do Parque Verde do Mondego – Ínsua dos Bentos; na ponta Norte das avenidas de Conímbriga e Guarda Inglesa; na Casa do Sal; e no Choupal, junto à N111-1.

Cada um destes locais tem diferentes estados de preparação, sendo que os parques do Choupal e avenidas Guarda Inglesa e Conímbriga necessitam de uma maior intervenção para implementação do sistema, pelo que poderão entrar em funcionamento de forma desfasada.

Estes parques vão funcionar como “park & ride”. O objectivo é que as pessoas estacionem nestes locais, sendo depois transportadas para o centro da cidade ou principais pólos de destino, como os hospitais ou a universidade, por autocarros 100% eléctricos que a Câmara de Coimbra está prestes a receber. Com esta aposta num sistema acessível e ecológico, a autarquia pretende poupar a cidade à entrada de milhares de automóveis por dia e à emissão de toneladas de gases carbónicos (CO2) para a atmosfera.

Há vários anos que o Município afirma estar a preparar o relançamento da Ecovia, a começar pela renovação da frota dos SMTUC com veículos com melhor desempenho ambiental.

Para isso, em Outubro de 2018, foi submetida uma candidatura ao Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), para a aquisição de cinco autocarros e nove miniautocarros eléctricos, respectivos sistemas de carregamento e serviços de assistência técnica e monitorização dos resultados. Em Fevereiro deste ano foi adjudicada a aquisição destes nove miniautocarros 100por cento eléctricos, pelo valor de 2,8 milhões de euros, que, segundo a autarquia, devem chegar brevemente e que vão permitir, então, a colocação em funcionamento da Ecovia. Já a aquisição dos cinco novos autocarros 100 por cento eléctricos ‘standard’ representou um investimento de 2,4 milhões, e a proposta também já foi adjudicada.

De recordar, ainda, que a 20 de Junho de 2019 entraram em funcionamento os 10 novos autocarros 100 por cento eléctricos que reforçaram a frota dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), depois de um investimento superior a quatro milhões de euros, financiado em cerca de 53 por cento pela Câmara de Coimbra e o restante pelo POSEUR.

Depois de um ano de operação, estas viaturas evitaram a libertação de cerca de 510 toneladas de CO2 para a atmosfera, depois de cerca de 440 000 quilómetros de estrada e geraram uma economia de cerca de 140 toneladas equivalentes de petróleo.