Coimbra  14 de Junho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra vai apresentar plano de ciclovias para a cidade

14 de Setembro 2023 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra vai apresentar plano de ciclovias para a cidade

A Câmara de Coimbra vai apresentar, a 22 de Setembro, no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade, o Plano Municipal de Ciclovias para a cidade, querendo também provocar uma discussão sobre o assunto.

A apresentação e discussão do plano irá decorrer a 24 de Setembro, no Pavilhão Centro de Portugal, após um passeio de bicicleta entre a Solum e o Parque Verde, durante o programa da Semana Europeia da Mobilidade, que formalmente é de 16 a 22 de Setembro, mas que em Coimbra se estende até ao dia 24, afirmou a vereadora com o pelouro da mobilidade e transportes, Ana Bastos, durante a apresentação da iniciativa.

Segundo a responsável, as ciclovias em Coimbra estão muito centradas em torno do rio, numa perspectiva de lazer, sendo necessário alargar a sua rede “ao espaço urbano”.

Ana Bastos esclareceu que se pretende apresentar “uma rede global”, que integre as futuras ciclovias urbanas com a rede existente, mas também perspectivando a ligação a ciclovias intermunicipais futuras, nomeadamente a ligação à Figueira da Foz.

A vereadora esclareceu que a Câmara de Coimbra está numa “fase de plano”, mas espera poder apresentar um ou outro exemplo de projecto concreto, que irá obrigar, em alguns locais, a eliminar zonas de estacionamento ou a transformar vias em sentidos únicos.

Ana Bastos estima que um dos eixos possa já avançar em 2024, caso haja financiamento para o efeito, mas lamentou o facto de o Governo ter lançado recentemente uma estratégia nacional para a mobilidade activa ciclável, sem que esse documento seja acompanhado de um “pacote financeiro” a suportar essas intenções.

O arranque do próximo quadro comunitário também poderá permitir a inclusão de algumas das intervenções previstas, notou.

Para a Semana Europeia da Mobilidade, Ana Bastos frisou que os objectivos do Município “são muito amplos”, considerando que Portugal ainda está numa fase “incipiente” no que diz respeito à aposta na mobilidade suave e nos transportes colectivos.

Para a vereadora, a iniciativa será também uma oportunidade para reflectir sobre a mobilidade no concelho de Coimbra, com dois momentos de debate no Convento São Francisco, a 19 e a 21 de Setembro.

Durante a semana haverá vários espaços e vias que estarão encerradas ao trânsito automóvel, mostrando as possibilidades e benefícios do fim do domínio do carro na via pública.

Nesse âmbito, haverá um encerramento da Rua da Sofia (dia 16), da Avenida João das Regras (17), de um arruamento paralelo à Carolina Michaelis (16), na zona da Solum, da praça Infante D. Henrique (17) e, ainda, um fecho mais prolongado da Rua Manso Preto, em Celas, durante cinco dias consecutivos, promovendo-se no final uma discussão sobre essa iniciativa.

No decorrer da semana, crianças de uma escola básica irão passar “multas morais” a carros mal-estacionados (à semelhança do que aconteceu em 2022) e, noutro estabelecimento de ensino, irá promover-se uma experiência em que as crianças vão para a escola de bicicleta (salvo casos em que a mobilidade suave não é uma opção).

Sobre essa questão, Ana Bastos assumiu que gostaria de restringir o acesso de carros às escolas, mas que isso não será possível num momento em que os transportes urbanos não são capazes de dar resposta.

No futuro, a vereadora gostaria de criar um sistema de transporte escolar que recolha as crianças junto às suas residências, mas isso não será possível fazer “com a actual frota”.

Durante a Semana Europeia de Mobilidade, haverá ainda, no dia 20, uma apresentação da obra do Sistema de Mobilidade do Mondego.