Coimbra  5 de Março de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara de Coimbra vai abrir concurso para ampliar e requalificar Escola da Conchada

4 de Fevereiro 2024 Jornal Campeão: Câmara de Coimbra vai abrir concurso para ampliar e requalificar Escola da Conchada

A Câmara de Coimbra vai deliberar, segunda-feira, a abertura de um concurso público para a empreitada ‘Escola 1º CEB da Conchada – Ampliação e Requalificação’, cujo preço base é de 1,1 milhão de euros, ao qual acresce IVA à taxa legal em vigor, com um prazo de 18 meses.

A Escola Básica da Conchada carece de uma intervenção geral e de melhoramentos, com especial enfoque para as acessibilidades, para as deformações estruturais do edifício principal e a necessária remoção dos pré-fabricados, que foram ali instalados em 2010, cujo estado não se adequa à prática da actividade lectiva, tendo por isso, sido aprovada na reunião de 18 de Setembro, a celebração do protocolo de cooperação com o Centro de Bem-Estar Social da Sagrada Família para o funcionamento das duas salas da EB da Conchada que funcionavam nos monoblocos, no presente ano lectivo.

O projecto, da autoria da Divisão de Projectos de Edifícios e Equipamentos Municipais, prevê a construção de um novo edifício de dois pisos na parte posterior do terreno da escola e a reorganização do edifício existente, onde o acesso principal ao recinto escolar continuará a ser feito pela Alameda da Conchada.

Do ponto de vista programático preconizam-se duas áreas principais neste projecto: área lúdico-social, a instalar no actual edifício da escola, e o espaço de aprendizagem, correspondente ao novo edifício proposto. Na área lúdico-social inclui-se uma biblioteca e um refeitório com copa, que juntos se podem converter num espaço polivalente.

Este edifício inclui ainda instalações sanitárias, instalação sanitária acessível, sala de professores e um gabinete de atendimento. O novo edifício proposto correspondente ao espaço de aprendizagem, inclui um gabinete de trabalho dos professores, instalações sanitárias e quatro salas de aulas com respectivos arrumos e áreas de expressão plástica. Estes dois espaços vão articular-se entre si através de um passadiço fechado.

Do projecto fazem também parte um passadiço/telheiro aberto, tanto para proteger a entrada no edifício, sobretudo nos horários de entrega e de recolha das crianças pelos encarregados de educação, como para criar uma área coberta de recreio para os dias de chuva ou para acolher as aulas de Actividade Física e Desportiva.

Na área de recreio exterior propõe-se também a instalação de dois pequenos “quiosques criativos” que sirvam de abrigo a brincadeiras e onde possam também ser guardados brinquedos, pequenos materiais de exterior, etc.

A actual entrada no recinto é resolvida por meio de uma rampa com degraus, razão pela qual é equacionada uma nova solução de melhoramento desta a acessibilidade ao edifício por meio, apenas, de rampas.

“Em resumo, propõe-se um novo edifício de imagem contemporânea que dignifique a Escola EB1 da Conchada e preencha as lacunas existentes, procurando responder às exigências da vida actual”, refere o Município.